quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Matrix - O Universo Holográfico



“O conceito matemático de Matriz [= Matrix, em inglês] consiste em uma ordenação adequada de símbolos [normalmente números] no espaço. Em duas dimensões, essas ordenações são chamadas de 'linhas' [na horizontal] e 'colunas' [na vertical]”.  


Somos emanações divinas presentes eternamente no infinito AGORA. Tudo que observamos são nossas criações mentais. Tempo e espaço são conceitos ilusórios que criamos, formando uma prisão, que podemos chamar de 'Matriz'. A única verdade é o Amor Infinito - todo o resto é ilusão. Vamos aos detalhamentos:  
1. Hologramas são projeções de energia ou 'luz' que parece, ao observador, ser uma forma de 3 dimensões, mas na realidade são uma série de códigos e padrões de onda que apenas geram a ilusão de 3D quando um laser emite sua luz sobre esses hologramas. Toda a realidade dos 5 sentidos é uma ilusão holográfica que apenas existe de uma forma 'sólida' porque o cérebro/mente humana faz com que se aparente desta forma. O mundo 3D de paisagens, mares, edifícios e corpos humanos, apenas existe nessa forma quando nós olhamos para ele! Se não ele é uma massa de campos vibratórios e códigos. No filme Matrix, a Matriz é representada, vista de fora, por uma série de números verdes e códigos, enquanto que do interior ela é vivenciada como o tipo de mundo em que nós pensamos que vivemos - montanhas, ruas, pessoas etc. Esta é uma boa analogia. 
2. Nós não enxergamos com os nossos olhos, nós enxergamos com o nosso cérebro! No caminho dos olhos até o córtex visual, região cerebral responsável pela “fabricação” da visão (gnosia visual), os lobos temporais editam e reconstroem até 50% ou mais da informação original que entra através da retina e nós apenas “vemos” o que o cérebro, com todas as suas realidades condicionadas, decide o que ele está vendo. 
Em “O Universo Holográfico”, Michael Talbot conta-nos que nos anos ‘70 seu pai contratou um hipnotizador profissional para entreter um grupo de amigos. Um dos escolhidos para ser hipnotizado foi um homem chamado Tom e era a primeira vez que ele encontrava-se com um hipnotizador. O que os hipnotizadores de palco fazem é programar as pessoas para acreditarem que elas estão vendo algo ou fazendo algo que, na verdade, não passa de pura invenção. O hipnotizador fez Tom acreditar que existia uma girafa na sala e mais tarde fez com que comesse uma batata crua acreditando que era uma maçã. Essas são confirmações de que o cérebro vê e experimenta o que ele é programado para acreditar o que ver e experimentar. Mas a parte mais interessante da história veio quando Tom foi trazido de volta para o estado de consciência desperta. Logo antes do hipnotizador terminar o estado de transe formal,  ele disse a Tom que quando ele acordasse ele não seria capaz de ver sua filha, Laura. O hipnotizador pediu a Laura para ficar em pé de frente e junto do pai de tal forma que quando ele abrisse os olhos ele estaria olhando no estômago dela. Quando perguntaram a Tom se ele conseguia ver sua filha, ele respondeu que não. Laura se mexeu bastante, mas não deu nenhum resultado. O hipnotizador se colocou atrás de Laura e segurou algo contra as costas de Laura. Para ver esse objeto, Tom teria que ver através de sua filha. O hipnotizador pediu a Tom para dizer o que ele estava segurando em sua mão e, inclinando-se para frente para junto do estômago da filha, ele disse: “um relógio”. Foi-lhe pedido então para ler a inscrição no relógio e ele leu. O hipnotizador confirmou que realmente estava segurando um relógio com a inscrição descrita por Tom. A mente de Tom foi programada para acreditar que ele não poderia ver sua filha e portanto ele não a viu. Além disso, ele pôde ver o que estava atrás dela. Como isso é possível? Nós construímos nossa realidade “aqui dentro” e não “lá fora”.
3. Uma afirmação perfeitamente correta é: "conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Na prática, uma grande parte do que conhecemos é Mentira. Existem entidades (como os manipuladores reptilianos, draconianos, “greys” e seus fantoches, além da própria Matriz que nós mesmos criamos) que nos repassam informações erradas (mentiras!) visando nos escravizar (retirar nossa liberdade) e nos retirar Poder. Uma das mentiras mais enraizadas em nós é o nosso conceito (ilusório) de separação espacial e de tempo.  
Comecemos pelo nosso conceito de tempo: com o conceito de tempo estabelecido na superfície de nosso planeta Terra, todos nós podemos praticar um ato posterior ANTES de um ato anterior, basta cruzar de oeste para leste o “meridiano do tempo”, que cruza o Oceano Pacífico exatamente na localização oposta ao meridiano de Greenwich. Desta forma cria-se uma diferença de tempo entre os atos de quase 12 horas! Que absurdo! Nosso conceito de Tempo é uma tremenda ilusão. Passado, presente e futuro: ilusão! Então, como funcionam todas as coisas, sem o conceito de Tempo? Na realidade só existe o infinito e eterno Presente, o AGORA, com todos nossos conceitos de eventos passados e futuros ocorrendo no eterno Agora, em realidades paralelas simultâneas, criadas por nossas mentes. É exatamente por causa disso que videntes conseguem “ver” e “sentir” acontecimentos “passados” e “futuros”: eles estão presentes no Agora! Reencarnação, portanto, não é um processo de vir e sair deste mundo com o passar do tempo: é mover-se para dentro e para fora de diferentes realidades, todas acontecendo simultaneamente. 
Ainda não está convencido sobre a ilusão do tempo? Então considere um dos grandes mistérios que é a predição do “futuro”, que muitos estudos já provaram ser possível. Um exemplo nesse sentido é o “teste da cadeira” proposto pelo vidente holandês Gerard Croiset: investigadores iriam identificar eventos em salas espalhadas pelo mundo que não tivessem assentos numerados pré-alocados. As pessoas sentariam onde quisessem quando elas chegassem ao local do evento. O investigador daria a Croiset um assento particular para ser focalizado semanas antes do evento e ele teria que descrever a pessoa que iria sentar lá durante o evento futuro. Durante 25 anos Croiset descreveu os ocupantes dos assentos com enorme precisão. Dra. Jule Eisenbud, professora clínica na Universidade do Colorado, conduziu um desses testes em 1969. Mais de duas semanas antes de um evento em Denver, Colorado, Eisenbud contactou Croiset na Holanda e deu a ele um assento para “ler”. Croiset disse que o homem que iria sentar naquela cadeira tinha cerca de 1.75m de altura e trabalhava na indústria e com ciência. Em seu trabalho, disse Croiset, ele usava um avental de laboratório que estava manchado com um produto químico esverdeado. Ele disse que o homem tinha os cabelos pretos, penteados para trás, uma cicatriz no seu dedão e um dente de ouro na sua mandíbula inferior. 17 dias depois, este mesmo homem sentou no assento e Croiset estava correto em todos os detalhes, inclusive sobre sua altura. Como isso é possível? O homem “depois” na cadeira e o homem “antes”, antes mesmo que ele inclusive soubesse que ele iria àquele evento, não eram eventos que estavam acontecendo separados por várias semanas: eram eventos concomitantes na eternidade. Eles estavam acontecendo simultaneamente. Eram duas realidades mentais distintas, mas acontecendo no Infinito AGORA!! 
4. Uma ilusão só pode controlar você quando você pensa que ela é real. Quando nós observamos nossas experiências diárias nós estamos olhando em um espelho de nós mesmos. Portanto, para mudar seu mundo mude a você próprio. Não culpe os outros, pois isso é aceitar que os outros têm poder sobre sua vida e sobre a realidade que você cria. 
Não existe nada que não possa ser explicado, uma vez que entendamos que o Amor Infinito (Unicidade) é a única verdade e todo o resto é ilusão e que nós estamos criando a ilusão ou tendo a ilusão programada em nós por acreditar que ela seja real. Lyall Watson, biólogo e autor de “Supernature”, diz ter presenciado uma mulher Indonésia chamada Tia, uma xamã, conversando com uma menininha em um pequeno bosque de árvores. Ele olhava a cena de uma curta distância e ela não sabia que ele estava lá observando. Ela pareceu explicar algo à garota e um certo ritual de dança e de gestos começou. Para o espanto de Watson,  o pequeno bosque de árvores desapareceu e, após alguns segundos, voltou novamente. "Num momento Tia dançava no bosque sombreado; no seguinte ela ficava em pé sob um sol escaldante", ele disse. “Ela conseguiu 'ligar' e 'desligar' o bosque várias vezes”, com Watson olhando sem acreditar. Isto é impossível? Não, não é. O bosque é uma ilusão holográfica e aqueles que compreendem como o processo funciona podem se desconectar dessa realidade, o sonho de consenso que concorda que o bosque existe. Com Lyall Watson observando esta cena intensamente, foi fácil para ele tornar-se parte do campo de realidade de Tia e também ver o bosque aparecer e desaparecer. Outras pessoas poderiam ter observado isso de uma ilusão de realidade de consenso e o bosque não teria desaparecido para elas. Isto explica porque algumas pessoas podem caminhar através de paredes - elas acreditam que podem e essa torna sua experiência. Elas desconectam suas mentes e corpos das leis da realidade de consenso que insiste que isso é impossível. Quando digo "acreditar", isto é um nível de crença muito além de qualquer pessoa que apenas diz “eu acredito”. Não é crença, é um conhecimento, um ser. Existe um velho ditado que diz que nós podemos “mover montanhas”. Isto não tem um  significado literal? Por que não? Se um bosque pode desaparecer, porque não uma montanha? A montanha é uma ilusão holográfica e nossa mente controla a ilusão. Por que nós não movemos montanhas? Nós podemos, mas nós não fazemos, porque nós não sabemos que nós podemos. A realidade de consenso, programada, diz que a própria idéia é ridícula e se acatamos essa realidade, assim é. Porém se criarmos uma outra realidade que diz o oposto, moveremos montanhas! 
5. As “leis” do mundo dos 5 sentidos podem apenas ser aquilo que nós pensamos que elas são, e enquanto aceitarmos elas como real nós estaremos sujeitos às suas limitações. Da mesma forma, se nós pudermos livrar nossas mentes dessas realidades, nós não estaremos mais sujeitos às suas “leis” e limitações. Isto é o que chamamos “milagres”. Quase todos já leram sobre feitos inexplicáveis como caminhar no fogo sem se queimar, ter espadas atravessadas através do corpo sem se machucar ou deixar cicatriz, levitação e muitas outras coisas. Nenhum desses fenômenos é possível para a ciência materialista convencional, mas isso é simplesmente porque a ciência convencional é o conhecimento equivalente a um filme do Mickey Mouse. David Icke conheceu uma mulher que separou um quarto de sua casa para ser usado por meditadores sérios, meditadores que queriam meditar por longos períodos sem serem perturbados. Um cara entrou e não apareceu por muitos dias e ela ficou curiosa para saber se ele estava bem. Ela pegou um copo de chá para ele e abriu a porta devagarinho. No momento seguinte o copo se espatifou no chão porque quando ela olhou para ele, a metade de baixo de seu corpo estava invisível. Impossível? É possível sim e perfeitamente explicável.
Em 1905, o paranormal Indridi Indridason fazia parte de um projeto de cientistas eminentes da Islândia no terreno do “paranormal”. Quando ele entrava em transe profundo os cientistas viam diferentes partes de seu corpo desaparecer e reaparecer. Tudo é possível, literalmente tudo, porque nós somos infinitas possibilidades. David Icke também conta que uma mulher do Texas lhe contou que um dia, pela manhã, ela acordou próximo do marido e encontro-o flutuando a cerca de 1,80m acima da cama, ainda dormindo... 
O Dr. William Tufts Brigham, o curador do Bishop Museum de Honolulu, era um investigador perspicaz do “paranormal” e seus estudos envolveram os ”milagres” feitos por xamãs havaianos, ou kahunas. Ele testemunhou uma delas curar um homem que tinha quebrado a perna tão forte que pedaços do osso estavam atravessando a pele. A mulher kahuna “orou” (pensamento concentrado) e meditou ao lado do homem e esticou sua perna, empurrando os ossos quebrados. Após alguns minutos ela disse que a cura estava completa e o homem se levantou e saiu andando sem nenhum sinal de seu severo machucado de minutos atrás. Isto é possível porque, na realidade, não existe osso - isso também é uma ilusão...  
6. Um pouquinho sobre o “carma”: a crença na realidade sólida materialista é fundamental na ciência oficial, assim como a necessidade de que tudo seja provado através de experimentos que possam ser repetidos. Cientistas que sugerem explicações alternativas são jogados no ostracismo ou sabotados, para se defender a “sabedoria” existente. Fundamental para perdermos de vista nossa unidade infinita é a política oficial da ciência não-alternativa que apresenta o mundo como partes desconectadas e isto está refletido na própria estrutura da ciência, com suas especialidades compartimentalizadas, que raramente conversam entre si. Mas, quando as crenças dos cientistas estão afetando os resultados dos experimentos, como a física quântica está cansada de mostrar, de que valia é este dogma? Uma partícula subatômica chamada ”anomalon” foi verificada ter propriedades diferentes em diferentes laboratórios, o que é equivalente a ter um carro que muda de cor e outras características dependendo de quem o está dirigindo. As “leis” da Ciência apenas se aplicam porque os cientistas acreditam que sim e, graças ao estado divinizado da Ciência: o que ela decide que é “real” torna-se a realidade de consenso. Mas tudo é uma ilusão.
Tome, por exemplo, a lei básica da Ciência conhecida como “Lei de Causa e Efeito”, o fundamento da chamada “Lei do Carma”. Para cada ação tem que existir uma reação. Isto é verdade - mas apenas se você acredita que é. Se você acredita que não é verdade então ela não é! As pessoas possuem carma apenas porque elas acreditam que elas o possuem em suas mentes individuais e coletiva. William Tiller, físico da Stanford University, escreve: "quando chegamos nas fronteiras de nossa compreensão, podemos de fato deslocar as leis de tal forma que nós estamos criando a física enquanto caminhamos". Não existem “leis”, apenas possibilidades infinitas. O que é realidade? O que você pensa que é? Então isso é o que é.
Místicos têm comunicado idas a “Salas de Saber” em seus mundos não-físicos e relatado que a Terra é uma “universidade” espiritual onde as pessoas vêm para aprender algumas duras lições e trabalhar seus carmas. Isto é uma total ilusão! "Você acha que o Infinito tem que ir para escola aprender algo quando ele sabe tudo que existe para saber?". Sobre o carma, a idéia que você experimenta aquilo que você fez os outros experimentar, pode-se perguntar: "Por que teria o Infinito de experimentar aquilo que ele mesmo fez experimentar?". A idéia do carma é uma manipulação da Matriz para embasar a crença na passagem do “tempo” - é o meu carma de uma vida passada ou eu estou gerando carma para meu futuro - e para manter as pessoas em um estado de culpa e de auto-condenação. "Amor Infinito não julga a si ou pune a si mesmo - estas são ilusões da desconexão". 
Estas áreas do conhecimento são muito mais subversivas para o sistema do que simplesmente expor a rede de sociedades secretas ou a agenda global porque elas oferecem meios que nós podemos pensar de excluir a agenda e seus valores fascistas de nossa existência e pensar e trazer uma nova realidade em existência. Esta é a transição da prisão para o paraíso. Como toda realidade, a transição tem que acontecer primeiro na mente - ou, mais acertadamente, no coração - e apenas então pode ser experienciada no mundo ”físico” como holograma manifesto. Rejeitar a realidade de consenso e criar a nossa própria é a transformação. É como o conto de Andersen “A Roupa Nova Do Rei”. A realidade de consenso era que ele estava vestindo roupas novas lindas, porque a multidão não queria admitir que ele estava nu. Foi preciso que uma criança gritasse "o rei está nu" para quebrar o encanto e propagar o óbvio. 
7. Acredito que todos já tenham ouvido falar do Conde Drácula, não? É uma ficção, porém baseada em fatos reais, que estão ocorrendo agora na nossa aristrocracia/realeza (Drácula > Draco > Draconianos = linha reptiliana “real”).
Primeiramente, uma introdução: há uma técnica de controle mental chamada de Distúrbio de Múltiplas Personalidades (MPD, em inglês). Isto ocorre quando a mente é fraturada, através de trauma e programação, em uma série de aparentes “personalidades” ou “personagens”, cada um com diferentes atitudes, crenças e, até, diferentes “idades” ou “sexos”. David Icke testemunhou um caso (na sala de um terapeuta)  de uma mulher de 30 anos que manifestou sete distintas “personalidades” em meia hora de sessão, incluindo uma de bebê. Cada personalidade tinha seu próprio nome, antecedentes e características, e cada uma foi trazida à tona, em seqüência, pelo terapeuta pelo uso de palavras corretas de acionamento e por códigos. Quando uma personalidade era comutada para outra, a face da mulher mudava, inclusive a cor dos olhos e características da pele (cicatrizes podem desaparecer quando uma personagem substitui outra como a mente consciente). A pessoa pode estar doente, em um modo, e perfeitamente saudável no outro. Mulheres com MPD podem ter diferentes ritmos menstruais com cada personalidade, e parecerem mais velhas ou mais jovens. Agora, como é o outro termo para essa transformação instantânea das feições da face e do corpo? Mudança de forma (“shape-shifting”, em inglês). Esta é uma das características do Drácula: mudança de forma, assim como os humanos reptilianos. Drácula é um vampiro, assim como os humanos draco-reptilianos, que bebem sangue humano comum, alimentando-se da energia humana. A linha dos manipuladores está seriamente envolvida em sacrifícios humanos e em rituais de beber sangue em toda a nossa história. Os registros sumérios revelam que os Anunnakis, deuses da Antiga Suméria que igualmente apreciavam o derramamento de sangue humano, eram uma raça reptiliana. 
8. Quando os místicos meditam, antes de executarem um “milagre”, eles estão se desconectando da realidade de consenso, a mente coletiva, que diz que o “milagre” é impossível.
O que não vemos, nós inventamos: nossos olhos possuem um ponto cego, onde o nervo óptico se conecta ao olho, no meio da retina. Qualquer que seja o objeto que olharmos, nós não podemos ver nada que incide naquela parte do olho, mas o cérebro constrói a cena completa usando a informação disponível e, portanto, preenche o “buraco” usando para tal as imagens vindas do outro olho ou recolhidas na memória. Realidade é apenas aquilo que nós fomos programados a acreditar que é. Vemos apenas o que estamos condicionados a ver e editamos (eliminamos) tudo o que contradiz esse condicionamento. 
Implantar crenças é tudo o que os manipuladores desejam, pois é através da crença que nós manifestamos nossa realidade. Geralmente, a crença cria a Polarização; polarização = divisão e conflito, divisão e conflito = dividir e dominar. Eles desejam crenças rígidas e em conflito, por esta razão; eles não se importam muito com o que você acredita piamente, contanto que você acredite piamente em algo, porque assim eles podem jogar você contra os outros que acreditam piamente no (aparente) oposto. 
Albert Einstein disse: ”nós precisamos lembrar que nós não observamos a natureza como ela existe realmente, mas a natureza exposta aos nossos métodos de percepção. As teorias determinam o que nós podemos ou não podemos observar”.  O que nós pensamos que vemos como edifício, pessoas, florestas e lagos são, na realidade, ilusões holográficas tridimensionais conjuradas nessa realidade por nossas próprias mentes. As sessões de hipnose exemplificam bem esta situação. 
O que é “livre arbítrio”? A mente consciente não é aquela que, no final, está no controle dos eventos, exceto na forma que ela decodifica os padrões holográficos 3D de acordo com o seu senso de realidade. O Inconsciente é a fonte principal de resposta humana e de comportamento, e não a consciência que pensa que está tomando as decisões. Experimentos revelaram que os sinais no cérebro, necessários para mover um braço, abrir a boca ou executar qualquer ação física, começa um segundo e meio antes da mente consciente tomar a “decisão” correspondente. 
A Matriz foi criada pelo Inconsciente Coletivo, e a mente consciente foi aprisionada pelas ilusões assim criadas. A Matriz tomou vida própria quando ela acessou uma fonte de energia própria: o medo gerado pelas mentes consciente e Inconsciente aprisionadas em uma ilusão que acreditam ser “real”. Este medo auto-percebido, a Matriz, então aprisiona também o Inconsciente Coletivo na ilusão. É o Inconsciente que os manipuladores visam controlar. Estamos condicionados a ver o que nos é dito para ver, pelas normas da sociedade. A hipnose nos vem de inúmeras formas: na infância estamos sujeitos à programação de nossos pais, que instilam suas próprias realidades sobre nós. Isso se compõe, em seguida, com a educação que recebemos na escola. Educação não está envolvida com o desenvolvimento da auto-percepção, ela meramente prepara os jovens para os trabalhos que servem ao sistema. A educação verdadeira seria desaprender a doutrinação incutida pela “educação” oficial. O hipnotizador residente encontra-se no canto da sala: “mamãe, onde eu aprendo o significado da vida?”. “Oh, cale a boca e veja TV”. “OK, mamãe...”. 
9. Fatos incomuns podem acontecer quando as pessoas manifestam ilusões diferentes e sonhos diferentes. Quantas vezes temos sonhos nos quais participamos de eventos que iriam nos matar ou machucar, mas isso não acontece? Da mesma forma, ser for sua realidade que o fogo não pode queimar seu pé, então ele não pode. Por que? Porque seus pés não existem mais do que o fogo! Como pode uma ilusão queimar uma ilusão, a não ser que acreditemos que ela possa e manifestemos essa realidade: a ilusão da queimadura e a da dor? Quando sentimos dor, é no cérebro que a sentimos e não no dedão que chutou a perna da mesa. O cérebro manifesta a dor pela mensagem que ele recebe e o cérebro condicionado sente dor apenas porque ele pensa que deve sentir. Isto é o que o programa de computador diz e isso é o que ele entrega como resultado. Quando você muda o programa, você obtém uma realidade diferente: sem queimadura e sem dor. 
“Milagres” são apenas saídas da realidade de consenso para onde suas ”leis” ilusórias não mais se aplicam. Como pode o seu corpo queimar quando você sabe que ele é apenas uma ilusão holográfica de sua mente? Como pode uma ilusão holográfica ser prejudicada por uma espada ou uma bala, que também é apenas uma ilusão holográfica? Resposta: apenas quando você acredita que isso é possível! O homem que “perdeu” metade do seu corpo quando meditava foi para um tal estado de consciência (sua realidade) que seu corpo holográfico começou a segui-lo. Fazendo isso, ele começou a desaparecer, retirando-se desta realidade. 
Quanto à levitação e outros fenômenos ditos “paranormais” (paranormais para a realidade de consenso), o princípio é o mesmo. "Quando você levita, não é você que vai 'para cima', é o seu 'mundo' que vai 'para baixo'." Mas não é a levitação a arte de sobrepujar a gravidade? Apenas se você pensa que é, porque a gravidade é outra ilusão. Se nós não acreditarmos nela, nós não iremos estar sujeitos às suas leis. Não existem leis a não ser que nós acreditemos que elas existam. Amor infinito é a única verdade, tudo o mais é ilusão. Pessoas têm levantado carros para salvar seus filhos: suas mentes em estado emocional altamente concentrado mudam as realidades e não ficam mais sujeitas às “leis” desta realidade que conhecemos. Todos conhecem fatos semelhantes a este. 
Muitos tentam fazer esses aparentes “milagres” com a chamada “iluminação” ou “avanço espiritual”, o que pode vir ser uma armadilha. Você não é um “deus vivo na Terra” por conseguir fazer esses truques que vêm do conhecimento de como nós criamos a realidade: os manipuladores estão usando essas técnicas o tempo todo. Essas habilidades podem ser usadas (e o são) por aqueles que desejam expor a ilusão e  ajudar as pessoas a despertarem dela. Mas não precisa ser assim: isso é apenas um conhecimento e você pode usá-lo da forma que desejar... 
10. No laboratório podemos gerar um holograma a partir de um feixe de luz emitido por um laser. Divide-se esse feixe em dois feixes: um vai diretamente à chapa fotográfica e, o outro vai para essa mesma chapa fotográfica após ser refletido pelo objeto a ser fotografado. Para reproduzir a foto do objeto, em 3 dimensões, usa-se o mesmo laser para iluminar o holograma gerado na etapa anterior. Uma das características espantosas do holograma é que cada parte contém o todo: se você cortar o filme holográfico em quatro partes e incidir o laser em cada um desses pedaços, eles não irão revelar quatro partes da cena fotografada, mas cada pedaço irá mostrar um versão menor de toda a cena. Você pode cortar a chapa em quantos pedaços quiser e eles sempre irão projetar a mesma imagem inteira (completa), quando o laser os iluminam. É exatamente porque o corpo humano é um holograma que cada célula contém toda a informação necessária para “crescer” um corpo inteiro. Portanto, pode-se clonar pessoas e animais a partir de uma única célula, usando-se sua informação genética contida no DNA (ácido desoxiribonuclêico).  
A Medicina convencional tende a rejeitar alternativas como a Acupuntura, a Homeopatia, a Reflexologia, as Medicinas Tradicionais Xamânicas, etc. Mas se ela não estivesse tão “hipnotizada” pelo cartel farmacêutico dos manipuladores, ela iria perceber que o corpo é um holograma e a base de tais terapias alternativas não poderia ser mais simples. A Reflexologia, por exemplo, baseia-se no entendimento de que diferentes partes do corpo (pés, mãos e orelhas) são espelhos de todo os órgãos e quando se trabalha sobre estas imagens refletidas, atua-se sobre o órgão da mesma forma. A mesma coisa acontece com a Iridologia: todos os órgãos do corpo estampados na íris dos olhos. Isto é perfeitamente lógico, já que o corpo é um holograma e cada parte do holograma contém a imagem do todo: cada célula contém o todo. A Acupuntura baseia-se nos sub-sistemas holográficos do corpo, assim como a Kiromancia, porque a mão contém informação de todo o corpo. O corpo holográfico é uma expressão do holograma que é o universo e o cosmos, assim como cada parte do corpo ( o Micro-Cosmos repete o Macro-Cosmos). 
O cérebro não é a alma, o cérebro é um computador usado pela mente e portanto os cientistas nunca conseguiram localizar onde, no cérebro, encontra-se a alma. Eles nunca irão encontrar, porque a alma não está lá. Nós não pensamos com o cérebro, mas através do cérebro, na nossa realidade dos 5 sentidos. A ciência oficial também não localizou a área do cérebro que contém a memória, porque a memória, o “disco rígido do computador” está espalhada por todo o cérebro, já que o cérebro é um holograma e cada parte contém o todo. Pessoas já tiveram boa parte do cérebro removidas, por causa de tumores e surpreendentemente não perderam certas memórias específicas. O holograma tem uma enorme capacidade de armazenar informação: pode-se armazenar muitas cenas em um mesmo filme holográfico, por exemplo, e mudando-se o ângulo de incidência da luz do laser, escolher qual a cena que se quer ver. Nossa memória funciona de forma semelhante: possuímos memória fotográfica holográfica. Pessoas podem “ler” objetos, como relógios e jóias, e tirar deles informações detalhadas de suas histórias e dos donos, porque os objetos são hologramas que registram essas informações. Os hologramas de nosso corpo armazenam a memória de todos nossos sentidos. Quando, por exemplo, cheiramos algo isso pode acionar uma memória tão poderosa como quando vemos ou escutamos algo que nos lembra uma certa experiência. A memória holográfica estende-se além do cérebro para todo o corpo holográfico. O holograma do corpo contém a memória do holograma do cosmos e assim por diante. Tudo está conectado com tudo. Tudo É tudo. A Matriz não pode dividir o todo em partes porque a Unicidade é sempre a Unicidade, mas a Matriz pode dar a ilusão de divisão e de polaridade, e isso é o que ela faz, manipulando nosso sentido de realidade. Divisão e polaridade são ilusões, porque tudo é Um. 
11. Vejamos algumas informações sobre nossos sentidos holográficos. Todos os nossos 5 sentidos são holográficos e estão localizados por todo o corpo-holograma. Sim, até a nossa visão. É claro que não precisamos de olhos para ver, quando analisamos os inúmeros relatos daqueles que passaram pelos fenômenos de experiência “fora-do-corpo” e de “quase-morte”. Eles se desprendem de seus corpos e de seus olhos físicos, mas eles continuam a ver. Isto é possível porque a mente não vê, apenas decodifica padrões de freqüência em ilusões holográficas que ela pensa que vê (gnosia visual). É uma realidade virtual e você não precisa de olhos para ver aquilo que sua mente está pensando, porque isso tudo está acontecendo “aqui dentro” e não “lá fora”. Se algo pode decodificar freqüências em hologramas, este algo pode “ver”. Como todas as consciências podem fazer isto,  tudo pode ver e cada parte do corpo holográfico possui “olhos”. Portanto, podemos ver através de qualquer parte do corpo, já que o corpo é um holograma. Experimentos mostram que ratos continuam a ver perfeitamente com 90 % do córtex visual do cérebro removido e gatos continuam a ver após 98 % de seus nervos ópticos deixarem de funcionar. Muitos experimentos mostraram que certas pessoas podem ver e ler através das mãos, com seus olhos vendados. As mãos e todas as outras partes do corpo podem enviar mensagens ao córtex visual no cérebro, de onde nós “vemos”. De fato, não precisamos, inclusive, de cérebro para ver, isto é mais um nível da ilusão. Por acaso o Infinito precisa de olhos e de um cérebro para ver?? 
Paul Bach-y-Rita, um neurocientista e médico na Universidade de Wisconsin em Madison, Estados Unidos, diz: “você não vê com os olhos. Você vê com o cérebro (indo mais além: você vê com a mente). Quando uma imagem atinge a retina do olho, ela torna-se pulsos nervosos sem diferença daqueles que vêm do dedão do pé”. Informação entra nos olhos como um padrão de freqüências e o cérebro o transforma em uma imagem 3D. Como cada parte do holograma contém o todo, cada parte do corpo - a mão, o pé, o joelho - tem a capacidade de passar padrões de freqüências para o cérebro, que os transformam em hologramas que nós podemos “ver”. Isto significa que as pessoas realmente possuem “olhos nas costas”, como se diz. Já ouvi falar de pessoas que conseguem ver em 360 graus quando elas entram em estados alterados de consciência, que fazem com que elas se sintonizem a esses sentidos, retirando o foco da realidade de consenso dos 5 sentidos. Tudo perfeitamente explicável de uma perspectiva holográfica. A revista Life reportou que uma russa chamada Rosa Kuleshova podia ler com a ponta dos seus dedos e outros podiam fazer o mesmo com outras partes de seus corpos, como nariz e orelha. David Eisenberg, da Harvard Medical School, comenta que duas irmãzinhas chinezas podiam ler com suas axilas!
Paul Bach-y-Rita e outros descobriram que nós podemos ver através da língua. Eles desenvolveram um dispositivo para estimular a habilidade da língua para perceber imagens e isto tem permitido a pessoas cegas recuperarem a visão. Um relatório diz: “a língua, um órgão do paladar e do tato, pode parecer um substituto improvável dos olhos. Afinal, ela está normalmente escondida dentro da boca, insensível à luz, e não conectada aos nervos ópticos. Porém, um volume crescente de pesquisas indica que a língua pode ser o segundo melhor lugar do corpo para receber informação visual do mundo e transmiti-la para o cérebro”. Pesquisas anteriores têm usado a pele como uma rota para as imagens que chegam ao sistema nervoso. Pessoas conseguem decodificar pulsos nervosos como informação visual que vêm de outras fontes, que não os olhos, mostrando quão adaptável e plástico é o cérebro. A maioria das pessoas não acessa estas habilidades inatas porque elas não sabem que elas as possuem e elas não acreditam que elas as possuem. Nós somos o que nós pensamos que somos e nós conseguimos fazer aquilo que nós acreditamos que nós podemos fazer. Cada parte do holograma possui os sentidos do todo e é consciente. No livro “O Universo Holográfico”, Michael Talbot conta que ele estava tendo um problema com o baço e ele estava usando visualização para tratar o problema, usando sua mente para rebalancear o holograma constituído pelo baço. Uma noite ele ficou frustrado com o processo e, na privacidade de seus próprios pensamentos, deu a seu baço uma reprimenda por não responder com suficiente rapidez. Alguns dias depois ele foi consultar uma vidente sobre sua saúde e ela identificou o problema no baço e, então, parou, parecendo confusa, antes de dizer: “seu baço está muito perturbado com algo. Por acaso você tem gritado com o seu baço?”. Ela disse que o baço ficou doente porque ele pensou que isso era o que Talbot queria. Ele tinha dado mensagens erradas, ela disse, e agora o baço estava confuso. “Nunca, nunca fique com raiva do seu corpo ou com seus órgãos internos”, ela disse, “apenas envie mensagens positivas para eles”. 
12. A Matriz dos manipuladores procura construir uma realidade de consenso na qual a mente humana coletiva, o inconsciente coletivo de Jung, aceita a “verdade” prevalente que ela está programada para acreditar. Quanto mais isso acontece, mais poderosos são os padrões de pensamento que mantêm a realidade manipulada coesa e mais densos os hologramas irão parecer. Nós estamos nos hipnotizando mutuamente através da aceitação e imposição das normas, que leva a compartilharmos das mesmas ilusões básicas. O objetivo é solidificar a ilusão de consenso ainda mais, removendo os desafiantes e as alternativas a ela. 
A realidade da Matriz está construída com pensamentos ilusórios altamente desbalanceados (medos) que produzem padrões vibratórios de baixa freqüência. Aqueles presos à ilusão da Matriz ressoam nesses padrões e quanto mais preso você está, mais devagar será sua vibração. Cria-se um círculo vicioso com ambos, a prisão e os prisioneiros, contribuindo para a sobrevivência da Matriz.
Até que esses padrões de freqüência sejam desafiados por aqueles que vibram na Unicidade e na harmonia, a Matriz irá prevalecer, já que medo e desarmonia são a Matriz. A analogia mecânica desse fenômeno pode ser observada, por exemplo, quando colocamos dois violinos próximos um do outro: ao acionarmos uma corda em um dos violinos, a mesma corda do outro violino irá começar a vibrar, no que é chamada de ressonância simpatética. 
Quando temos um pensamento, nós estamos enviando ondas de som em freqüências que os 5 sentidos não podem ouvir (infrasom) e este som ressoa um padrão espacial de freqüência. Mude o som - o pensamento, a realidade - e o mundo muda. Parece que esses campos de pensamento formam vórtices, como redemoinhos em uma pia, que podem tornar-se fixos e rígidos, correspondendo a opiniões fixas, pontos de vista imutáveis e senso rígido da realidade, que resistem a mudanças. 
O que acontece quando uma pessoa desafia o sistema e oferece uma outra realidade? Ela é ridicularizada, condenada, despedida, marginalizada, atacada financeiramente, aprisionada ou, mesmo, morta. O que está realmente acontecendo em um nível vibracional? É a expressão dos 5 sentidos do padrão de energia da Matriz que está forçando a corda vibrante desajustada a entrar na linha. Podemos ver as conseqüências em tais rebeldes sendo atacados de várias formas, pois para a Matriz eles representam um tom de freqüência diferente que precisa ser jogado de volta para a linha vibracional prevalente da Matriz. É comum vermos políticos que começam desafiando o sistema e, depois, tornam-se advogados dele. 
Não podemos acabar com a prisão da Matriz reagindo “lá fora” com armas, bombas, raiva e ódio, porque isso irá tornar a freqüência da Matriz ainda mais forte, contribuindo para o seu padrão de desarmonia. A solução encontra-se “aqui dentro”, mudando os nossos padrões próprios de vibração e nos conectando com a Unicidade, a harmonia e o amor. Se mudarmos a nós mesmos, nós mudamos o nosso mundo, nossa realidade. A Matriz é uma construção vibracional e para remover seu controle temos que romper o poder vibracional que ela tem sobre nós. Na realidade, a maior parte desse 'poder' é simplesmente nossa ignorância de que tal controle existe. 
Nós estamos criando o nosso próprio universo, um único para nós. Quanto mais você redefine sua realidade, com relação ao consenso, mais você irá se destacar da multidão e ser um prego acima do resto. A razão dos manipuladores  procurarem martelarem essas pessoas de volta para o conjunto dos outros pregos bem enfiados em uma base de madeira é que elas ameaçam sabotar a própria realidade de consenso da qual a Matriz depende. Essas pessoas mostram que existe mais de uma realidade possível. Os visionários são pessoas perigosas para os manipuladores e eles desejam se ver livres delas. Uma pessoa independente é um demônio para um manipulador da realidade de consenso! 
Quando nos for dito para fazer ou acreditar em algo, pergunte: “quem decidiu isso?”, “por que devo fazer ou acreditar nisso?”. Eu sou o Um Infinito, não TENHO que fazer ou acreditar em nada que eu não queira. Melhor, nem faça essas perguntas... 
13. Que momento excitante para estar aqui nesta ilusão dos 5 sentidos! Nós estamos voltando para casa, apesar de nunca termos partido! Apenas nos enganamos que tínhamos partido! A gargalhada é muito importante nisto tudo. Não existem lágrimas no “céu”; nem sofrimento no Um. O que podemos fazer, a não ser gargalhar? Aqui estamos correndo em torno de um laço no tempo, como um rato em sua roda giratória, acreditando em um tempo que não existe. Quanto mais rápido nos movemos para frente, mais rápido nós vamos para trás, quando, na verdade, nunca vamos a lugar nenhum. Que gozação! Nossos corpos apenas “morrem” porque nós pensamos que eles morrem. Nós apenas sentimos dor e ficamos doentes porque nós pensamos que isso ocorre. Nós ficamos velhos porque nós pensamos que nós ficamos. Nós batemos a cabeça contra uma parede sólida que não pode ser sólida; nós chutamos nosso dedão na perna da mesa, apesar da mesa ser uma ilusão, assim como o dedão. Nós temos medo do futuro, apesar de não existir futuro. Nós lamentamos o passado, quando não existe passado. Nós temos medo do desconhecido apesar de termos o conhecimento de Tudo que existe. Um sábio chinês disse: "finalmente, no fim quando tudo está terminado e todas as questões foram respondidas, não existe mais nada a fazer a não ser sentar e dar uma ótima gargalhada".

Você quer dizer que a Lua não é real? Não é. E que tal o Sol? Também não é? Mas eu estou caminhando sobre a Terra, certo? Não, você está de pé sobre sua mente. OK, te vejo amanhã? Não existe amanhã. Está acontecendo agora, exatamente como ontem. Que hora são? Aquela que você pensa que é. Você está brincando, certo? Está me tirando um sarro? Não, é verdade, honestamente. Isso é realmente verdade? Sim, se você pensa que é! Somos uma Unicidade Infinita. Nós não podemos morrer e nós somos aquilo que escolhemos ser por toda a eternidade. O que acontece, nós fazemos acontecer e temos o poder infinito para mudar.




http://www.luminariasiluminare.com.br/

http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/

Para Onde Vamos a Partir Daqui ?



Mensagem canalizada do Arcanjo Gabriel






Saudações, Queridos!
É uma alegria e uma honra estarmos na sua presença hoje.
Nós os honramos por sua humanidade, por seu amor, por sua crença, for sua confiança e por virem e fazerem parte das energias do grupo hoje.
E, é claro, quando nós dizemos grupo, nós não queremos dizer somente as pessoas que estão na sala hoje, mas também aquelas que irão experienciar a transmissão na sua internet posteriormente.

Tudo mudou.
Vocês sentem?
Vocês estão num espaço completamente diferente daquele que estavam quando nos encontramos há apenas um mês atrás, no seu tempo linear.
O jogo está em andamento, Queridos, energeticamente ele está seguro.
Vocês estão fazendo o que muitos pensaram que não poderia ser feito.
Vocês estão ancorando a energia Crística até o ponto em que o Novo Mundo possa começar.

Muitos de vocês sentem a diferença.
Muitos de vocês trabalharam muito para o 11/11/11, entendendo que era um momento fundamental, entendendo que o ano foi preparado energeticamente para essa data.
Vocês entenderam que este ano em particular era fundamental para o processo, que cada mês continha um portal e que todo o universo está ajudando no processo, como também Gaia, como também os habitantes dela.

E então vocês chegaram a um espaço novinho, Queridos, e muitos de vocês estão se perguntando:
E agora? Para onde vamos a partir daqui?
É isto que gostaríamos de discutir hoje.
Tudo o que vocês experienciarão entre o 11/11/11 e as energias de 2012 é um trampolim, se vocês preferirem, para catapultá-los para as energias sem precedentes que vocês experienciarão no seu planeta em 2012.
Então, em um sentido, vocês estão num tempo de ancoragem e preparação.

Muitos de vocês estão experienciando a sensação de estar na terra de ninguém.
Vocês sabem que têm se dedicado a alguma coisa, mas não está muito claro para onde vocês estão indo.
Gostaríamos de nos reportar a isto hoje.

Na sua humanidade, vocês frequentemente sentirão como se devessem fazer alguma coisa, ao que nós sempre respondemos: se vocês quiserem fazer alguma coisa, simplesmente SEJAM.
Nós rimos porque parece que nesta simplicidade é muito difícil para muitos de vocês fazerem isto.
Nós os encorajamos a seguir o caminho da sua alegria maior, mesmo que, novamente, em muitas vezes este conselho pareça muito simples para vocês.
Vocês gostam de estar atarefados, nossos queridos humanos, e nós os honramos por isso.

Nós gostaríamos de salientar que, como vocês estão cientes, vocês têm liberado e purificado energeticamente já por um bom tempo agora.
O que vocês têm feito é efetivamente esvaziar seus vasos ao ponto de poderem conter mais das energias Crísticas, que, de fato, são as energias do amor incondicional.
Vocês são grandes recipientes de amor incondicional.
Vocês entendem as implicações disto?
O seu estado de ser, se vocês são grandes vasos de amor incondicional, é mais do que suficiente!
Acolham isto.

Se vocês realmente desejam fazer alguma coisa, mergulhem nas energias da gratidão.
Se todos vocês, a partir do portal 11/11/11 para as energias de 2012, simplesmente permanecerem no amor incondicional e na gratidão, a terra estará realmente em ótima forma.

Mas muitos de vocês leem as nossas transmissões porque desejam ter uma lista "do que fazer", então, para honrar isto, nós os encorajaremos a estarem muito atentos às suas afirmações "eu sou".
Muitos de vocês têm o hábito de falar aquilo que não honra mais a quem vocês evoluíram.
As afirmações "eu sou" transmitem ao universo em voz alta quem vocês são.
Vocês gostam de estar cansados?
Vocês desejam ficar entediados?
Quantas afirmações "eu sou" vocês fazem por hábito diariamente que não mais honram quem vocês realmente são?
Que tal dizer coisas como:
Eu sou glorioso!
Eu sou o meu alinhamento mais alto.
Eu sou o acolhimento e a expressão da minha mestria hoje.
Como isto os faria sentirem-se maravilhosos!

E se todos os dias vocês levantassem e decidissem que:
Neste dia eu experienciarei a minha mais gloriosa expressão.
Eu irei acolher hoje quem eu realmente sou.
Fazendo simplesmente isto, vocês vivenciarão muitos, muitos milagres na sua vida se vocês conseguirem permanecer nessa energia.
Então, num sentido, Queridos, estamos dizendo para vocês alterarem seus próprios modos.
Estejam atentos ao que vocês estão dando continuidade por hábito e que não mais os honra.

Também estejam cientes, Queridos, de que a orientação está sempre aí.
O universo inteiro está falando com vocês, se vocês apenas dispensarem um momento para perceber.
Seus sonhos estão falando com vocês, seus guias estão trabalhando com vocês, sua alma está assumindo o volante.
Vocês são os criadores, Queridos.
Acolham o seu papel - é para realizá-lo que vocês têm trabalhado tanto para entrar nessas energias.
Amem-se!

Outro aspecto vital enquanto vocês fazem isto:
Amem aqueles que estão ao seu redor o bastante para deixá-los exatamente onde eles estão, sem a necessidade de embaraçá-los.
Saibam que o universo os está guiando tão continuamente quanto guia vocês.

Ouçam seus corpos, Queridos.
Seus corpos lhes dão muita informação o tempo todo.
Sua garganta dói?
Nós lhes perguntaríamos:
Vocês estão falando cuidadosamente?
Vocês dizem a sua verdade?
Suas palavras honram quem vocês realmente são?
Suas articulações doem?
Vocês têm medo de seguir adiante?
Seu corpo é uma ferramenta incrível para lhes informar em que vocês precisam trabalhar, se vocês sentirem necessidade de trabalhar.
Trazendo isto para sua consciência, então vocês podem escolher criar além disso.
É simples assim, Queridos.
Se vocês se levantarem e suas pernas estiverem doendo, perguntem-se: Estou com medo de seguir adiante? e então com sua intenção declarem: Eu vou seguir adiante na minha mais alta expressão com alegria e antegozo.
Pronto! Está feito!
Vocês veem como é fácil?
Não compliquem as coisas.

Vocês evoluíram para além do ponto de pensar que a vida é algo que acontece para vocês, para um papel de co-criador.
Usem sua mestria.
Lembrem-se do que vocês sabem, e se vocês fizerem isto, vocês terão expressões de vida que são além dos seus maiores sonhos.

Não tenham medo de usar seus sistemas superiores de orientação, Queridos.

Usem seus guias.
Trabalhem com seus anjos.
Trabalhem com seus mestres ascensos.
Estamos todos juntos nisso!
Não há necessidade de abordar as coisas pelos meios mais difíceis.
Vamos lhes dar um exemplo.

A nossa querida parceira na transmissão estava tentando comprar um carro novo já há muitos e muitos meses.
Ela não queria cometer um erro.
Ela queria ser bem cuidadosa.
Ela queria algo que durasse muito tempo, então ela pesquisou, se torturou e dirigiu muitas marcas diferentes.
Ela basicamente ficou dando voltas e se confundindo sem parar, até que finalmente chegou a ela que ela deveria simplesmente pedir assistência para ser levada até o veículo perfeito que correspondesse às necessidades dela.
No dia seguinte ela foi levada discretamente até o veículo e no outro dia ela já o estava dirigindo.
Ao se entregar e pedir ajuda, ela realizou em menos de 48 das suas horas o que ela não conseguiu durante um período de meses.
E foi uma grande alegria assisti-la!

Ela não podia imaginar como o universo o traria para ela.
E foi tão simples.
Nós demos uma cutucada sutil no vendedor, na forma de uma ideia de anunciar online.
Nós demos uma sutil cutucada nela, a ideia de pesquisar determinado website.
Ela viu o sinal e entrou no fluxo e foi simples assim.

Trabalhando com sua assistência superior, às vezes vocês recebem mais do que vocês teriam criado por si mesmos.
Ela ficou bem surpresa por ter acabado com algo muito melhor do que ela pensou que poderia ter por si mesma.
Mas foi através da entrega e então deixar fluir que ela chegou àquele lugar.
(Nota de Shelley: Eu ainda não acredito que consegui o carro exato que eu queira com opcionais extras por muito menos do que eu esperava pagar!)

Agora nós queremos que vocês saibam que de modo algum ela é mais especial do que qualquer um de vocês.
Todos vocês são merecedores.
Ela não tem acessos especiais.
Ela não tem mais facilidade à informação do que qualquer um.
O sistema funciona igual para todos e nenhum pedido é pequeno demais.
Nada nos incomoda.
Vocês precisam entender que é uma grande alegria assisti-los no planeta enquanto vocês estão criando a Nova Terra.
Se vocês entendessem a extensão do que vocês estão fazendo, Queridos, vocês entenderiam que os benefícios são grandes se vocês simplesmente pedirem. Entendem?

Vocês estão entrando num tempo mágico.
Vocês estão para entrar nas energias Crísticas de suas Festas.
Encham seus corações com a alegria de tudo que está ao seu redor.
Permaneçam focalizados em manter seu alinhamento superior.
Deixem sua alegria brilhar.
Sejam quem vocês realmente são e saibam que é absolutamente seguro fazer isto.
Se vocês acolherem seu alinhamento superior e brilharem fortemente para o mundo inteiro ver, vocês estarão entrando nesse mágico e essencial ano de 2012 no seu poder autêntico e verdadeiramente prontos para criar com determinação.
E isso é tudo que temos para vocês hoje.

Arcanjo Gabriel através de Shelley Youn

http://www.luminariasiluminare.com.br/
http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/



terça-feira, 29 de novembro de 2011

Meditação Assumir o Poder Pessoal

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O DESAFIO DE SER UMA SEMENTE ESTELAR



Por Ashtar-Athena

O que é uma semente estelar, e como vocês podem dizer se são sementes estelares? Muito provavelmente, essa não é uma indagação que tenha chegado a lhes ocorrer. Vocês sempre tiveram um conhecimento interior de que eram de algum outro lugar que não a Terra. Quando eram criancinhas, podem até mesmo ter se perguntado onde estavam seus pais verdadeiros, ou se vocês eram adotados. A sensação de serem diferentes, solitários e de ansiar por alguém ou algum lugar que vocês não podiam recordar com precisão muito provavelmente desempenhou algum papel nas suas vidas. Sem dúvida, vocês costumavam contemplar as estrelas e implorar que alguém – não importa quem fosse -, por favor, viesse e os levasse para casa. Foram passadas horas em contemplação às estrelas, em observação às nuvens, em devaneios fora do corpo e em viagens da alma.
As sementes estelares em geral experimentam alguma forma de contato paranormal, psíquico ou extraterrestre em algum momento entre os cinco e os sete anos de idade e novamente mais tarde, durante a adolescência. Esse encontro com a sua família estelar com freqüência é facilitado pelo Comando Ashtar. Lastimavelmente, isso às vezes provoca medo e, mais tarde, frustração, quando vocês tentam falar a respeito com seus pais, que na maioria dos casos tentam convencê-los de que tudo não passou de um pesadelo ou da sua imaginação. Infelizmente, isso pode causar os primeiros bloqueios psicológicos de desconfiança e de dúvida quanto a si mesmo. Com freqüência é formulada, nesse período, uma base para avaliação do que é ou não é real e de se vocês podem ou não podem confiar em seu próprio conhecimento e experiência.
Enquanto sementes estelares, vocês se lembram de voar e podem até mesmo sofrer uma queda ou duas tentando realizar esse feito aqui.

Vocês também se lembram da capacidade de materializar objetos por meio do pensamento. Não é raro vocês nascerem com uma boa dose de compreensão de si mesmos, plenamente conscientes de que são divinos ou unos com Deus é algo que quase todos ao seu redor parecem estar fingindo não se lembrar. Certo dia vocês compreendem que eles não estão envolvidos em alguma brincadeira bizarra: eles de fato não se lembram e, em muitos casos, nem mesmo se importam em saber.
Perguntando-se se caíram em algum reino de estranho encantamento, vocês talvez tentem encontrar alguma pessoa bondosa e aparentemente sábia a quem possam fazer confidências dos seus sentimentos. Durante a sua juventude, vocês talvez tenham sido acusados de ter uma imaginação demasiado vívida, de viver no mundo da fantasia ou pior ainda: de inventar tudo ou de simplesmente mentir o tempo todo. Sua capacidade de discernir a natureza das pessoas e seus motivos e propósitos reais, bem como de avaliar situações de maneira precisa talvez os tenha tornado cada vez mais impopulares, à medida que vocês cresciam. Com suas capacidades de clarividência e clariaudiência desacreditadas com tamanha freqüência, talvez vocês tenham visto suas dádivas ridicularizadas ou temidas – ou, o pior de tudo, atribuídas ao mal ou àquele peculiar mito religioso, o diabo.
Talvez vocês tenham conhecido desde a mais tenra infância um senso peculiar de responsabilidade em relação aos outros e também ao planeta, como se, de algum modo, vocês fossem mais velhos e tivessem de tomar conta de outros que, de algum modo, fossem mais jovens ou menos capazes de tomar conta de si mesmos. Esse sentimento com freqüência está presente em relação a seus pais terrestres. Tipicamente, sementes estelares são “velhas” durante sua juventude e jovens durante seus anos de maturidade.
A maioria das sementes estelares considera o sistema educacional da Terra algo carente de inspiração e, em muitos casos, tedioso e destituído de significado real, estímulos e desafios mentais.

Talvez tenham sido enquadrados como sendo acima da média em termos de inteligência e abaixo da média no tocante a motivação, capacidade de atenção e aplicação. Talvez tenham verificado que suas indagações profundas e penetrantes fizeram com que seus professores se sentissem inseguros ou ameaçados, ou talvez tenham recebido censuras por não seguir as normas acadêmicas ou de qualquer outro tipo. Outros colegas de classe podem ter provocado vocês por meio de insultos e zombarias, considerando-os diferentes ou estranhos, ou talvez os tenham proclamado ídolos e se tornado seus seguidores incondicionais. Vocês podem ter se sentido absolutamente incapazes de compartilhar os seus lampejos mais profundos com qualquer pessoa a seu redor e como conseqüência terem sido vistos como solitários ou mesmo como esnobes e arrogantes.
Vocês têm um conhecimento inato da lei universal, e um senso de integridade e do que é adequado governa as suas ações. É interessante observar que a vasta maioria das sementes estelares jamais usou drogas e tende em geral a se manter longe de substâncias que potencialmente diminuiriam ou prejudicariam sua capacidade de recepção consciente.
Talvez vocês sofram de alergias estranhas. Os processos terrestres de alimentação e de eliminação podem ter, no início, parecido confusos, fascinantes ou embaraçosos a seus olhos. A ingestão de substâncias estranhas, geralmente não comestíveis, pode ter representado um problema durante os seus primeiros anos. Do mesmo modo, molhar a cana, pesadelos noturnos, sonambulismo ou, de maneira geral, hábitos de dormir pouco habituais talvez tenham feito da sua infância um desafio real, tanto para vocês quanto para os seus pais.
Talvez vocês tenham falado bem cedo e de maneira precoce – ou bem mais tarde, sem compreender que as pessoas não podiam compreender suas transmissões telepáticas. Talvez vocês tenham se sentido aprisionados e frustrados na forma humana, bem como sensíveis ao extremo em relação às ásperas e dissonantes vibrações terrestres.

Sua incapacidade de comunicar claramente as necessidades e exigências de sua natureza no início da infância pode ter conduzido a acessos de choro prolongado, a ataques de raiva e a vários tipos de perturbações digestivas.
À medida que seu corpo se desenvolveu para a adolescência, talvez vocês tenham se sentido envergonhados ou deprimidos com o início da manifestação dos anseios corporais e das emissões de fluidos em relação às quais vocês pareciam não ter controle. Talvez vocês não tenham gostado da sua aparência, ou sentido que não tinham a aparência correta, ou que seu cabelo era da cor errada, seus olhos e seu físico eram da tonalidade ou do formato errados.
Talvez vocês tenham tido a sensação de que não deveriam ter órgãos genitais ou de excreção. A definição terrestre de gêneros e a maneira de reprodução podem ter deprimido, confundido ou aborrecido vocês. Talvez vocês até mesmo se lembrem de terem sido andróginos, ou de terem se expressado por meio de um corpo de luz não definido em termos sexuais. Mais ainda, as formas humanas de reprodução podem ter lhes parecido animalescas e antinaturais, ou gerado uma larga dose de culpa ou confusão. Talvez tenham sentido que os corpos atrapalham, no seu desejo de se mesclar íntima e totalmente com o seu parceiro, o que, para vocês, é a norma celestial e extraterrestre.
Talvez vocês se lembrem que a co-criação ocorreu através da fusão dos raios de energia do coração e da mente em uma forma de meditação, e considerem uma fonte de total perplexidade a fricção e os contatos corporais frenéticos do ato sexual. De maneira similar, a observação do doloroso processo de nascimento e dos assustadores rituais de morte na Terra talvez os tenham deixado sentindo-se profundamente retirados em si mesmos e morbidamente preocupados.
Muitos de vocês se lembram dos templos da chama sagrada da ascensão onde vocês se transfiguravam e se materializavam ou desmaterializavam de uma dimensão ou forma para outra.

Vocês se lembram do frescor e da regeneração revigorante da chama do princípio sagrado. Da existência sem mortes, sem envelhecimento, sem doenças dos mundos sagrados nos quais vocês habitavam. Vocês recordam que eram imortais ou virtualmente imortais, tendo a capacidade de mudar ou regenerar indefinidamente a sua forma ou pelo menos de viver com a percepção consciente de sua eterna vida espiritual, gozando uma vida extremamente longa na forma.
Sementes estelares questionam a aceitação cega, de um bando de carneiros, da consciência de massa, as teorias pobres, inadequadas e sem imaginação oferecidas pelas doutrinas religiosas e científicas, a resistência e recusa totais exibidas pela pessoa média da Terra no tocante a explorar e a conhecer a verdade por si mesmos. Às vezes vocês podem se sentir como se tivessem feito uma viagem de volta no tempo, pois talvez consigam se lembrar de tecnologias extremamente avançadas, de sociedades florescentes, ricas e muito atraentes, de arquitetura futurista e de sistemas de transporte aéreo e espacial – talvez colônias marinhas com muitos golfinhos ou cidades intrincadamente construídas flutuando no espaço. Talvez se dediquem a alguma forma de arte visionária na qual são apresentados um céu violeta, folhagem azul, sóis binários ou numerosas luas. Talvez vocês se sintam de algum modo revigorados pelas tonalidades celestiais de azul, azul-marinho, violeta e púrpura.
Sem dúvida alguma, vocês sempre experimentaram uma profunda conexão com a natureza e estão cheios de pena devido à poluição e à exploração ecológica sem sentido e irresponsável. Sua reverência inata por toda vida enquanto uma parte de Deus e sua percepção dos mestres espirituais e dos seres santos, vindos de Deus e dos mundos superiores talvez os torne perplexos diante da estreiteza mental e das inacreditáveis distorções que se infiltraram em muitas crenças religiosas.

Com a ênfase destas crenças no medo, no pecado, na imperfeição, no mal e na punição, e dado o amor que vocês sentem pelo Mais Radiante e que ele sente por todas as pessoas e por toda vida, em toda parte, talvez vocês tenham ficado muito confusos ao tentarem reconciliar o que o seu coração sabe que é verdadeiro com aquilo que os seus ouvidos eram forçados a escutar.
Vocês usualmente se afastam de cenas que apresentam feiúra ou violência, pois tanto os seus olhos quanto os seus ouvidos são extremamente sensíveis. E mais do que tudo, acima de tudo, vocês sentem falta do amor, da compaixão e da empatia que caracterizam a vida espiritual por todo este sistema solar e além dele. E no entanto vocês observam em silêncio, compreendem cheios de compaixão e oferecem incondicionalmente o seu amor.
Durante a maior parte das suas vidas, talvez vocês não tenham encontrado nada que se aproxime, ainda que remotamente, daquilo que sentem que estão aqui para fazer. Talvez se desesperem por não saber o que estudar na faculdade, ou talvez tenham abandonado a escola sentindo que ela fracassava totalmente em corresponder às suas necessidades ou em equipá-los para os seus verdadeiros propósitos. Alguns de vocês têm bastante clareza em relação ao que vieram fazer aqui: os que estão destinados a ocupar posições na medicina, na ciência, em serviços sociais, negócios ou finanças, nas artes, na imprensa, na religião, na educação ou no governo. Ah, o seu desafio consiste em fazer a ponte entre as antigas estruturas cristalizadas e as novas formas que estão buscando emergir, em fundir o seu brilhante idealismo com a burocracia cínica dos sistemas existentes sob as fortes posições defensivas dos poderes estabelecidos.
Alguns compreendem que sua melhor contribuição consiste em permanecer no interior do sistema e em exercer pouco a pouco a sua influência de maneira a provocar uma transformação gradual. Outros, talvez, sejam orientados a romper com o sistema e a criar seu próprio nicho especial no mundo.

Alguns operam primordialmente do nível mental, infundindo novas energias de pensamento na consciência de massa através do pensamento, meditação, visualização, da palavra, da escrita, do ensino, da educação, da expressão através das artes e da imprensa, são comunicados as novas visões, os princípios e as idéias que estão aflorando. Eles ajudam a inflamar os recursos criativos de seus companheiros planetários.
Todas as sementes estelares são levadas a encontrar as respostas para as cinco questões fundamentais da vida: Quem sou eu? De onde vim? Por que estou aqui? De que modo realizo meu propósito maior? Como volto para casa?
Existem quatro outras perguntas muito características de todas as sementes estelares, perguntas que vocês fazem freqüentemente mas cujas respostas na verdade conhecem bem no seu interior (pois o seu coração sempre conheceu as respostas verdadeiras). São as seguintes: Onde está a minha gente, minha família e meus amigos estelares verdadeiros? Onde está meu verdadeiro parceiro, minha chama gêmea, meu eterno amor? Como posso simplesmente ser e expressar quem e o que eu sou e o que verdadeiramente sinto e sei? Como posso ser e fazer isso, tornando-o minha única ocupação, meu meio de vida?
Como vocês sem dúvida perceberam, não existe muita demanda neste mundo por cientistas-sacerdotes, sacerdotes/sacerdotisas das artes curativas, músicos/poetas celestiais, trovadores da verdade, âncoras/ativadores de redes e portais estelares, viajantes e videntes multidimensionais, comunicadores cósmicos e mediadores e árbitros de Melchizedek. E, no entanto, preciosas sementes estelares, todos vocês sabem que estão aqui com uma missão ou propósito definido, e embora a maioria não consiga recordar especificamente qual é, ainda assim esse propósito queima com uma paixão de certeza dentro de seus corações.
O despertar, ativação e decodificação como sementes estelares de todos vocês, que vieram à Terra como voluntários; sua capacitação como amorosos servidores incondicionais de toda vida, constitui o propósito maior de seu contato no presente momento com o Comando Ashtar. Nós ajudamos os mestres da Terra a administrar e supervisionar o programa espiritual se desenvolvendo agora no planeta. Também somos responsáveis por aqueles que trouxemos aqui de outros mundos para servir, neste momento de transição planetária para uma idade dourada.
Neste período, alguns de vocês estão simplesmente plantando sementes dentro do campo da rede planetária. Alguns estão unindo ciclos passados ao presente para serem completados. Alguns de vocês estão aqui para a futura infusão, nas redes de consciência, de revelação, visão e possibilidades prováveis. Alguns estão construindo e mantendo, em nível de energia, um novo desenho de projeto a ser utilizado nos anos vindouros. Muitos de vocês entrariam num estado de recusa, ou mesmo de choque (ou teriam acessos de riso), se tivessem o mais breve lampejo do que estarão realmente fazendo num futuro próximo. Saibam disso: cada um de vocês é uma parte vital e indispensável do desenvolvimento desse projeto de grupo, e só ele pode cumprir sua própria parte e irradiar sua ressonância específica.
Com freqüência, dizemos que vocês são o um e vocês são os muitos, e, no entanto vocês permanecem o Uno. Durante o processo de crescimento, da infância à maturidade adulta, cada um de vocês adquire a capacidade de atuar no âmbito de uma esfera de influência e de associações cada vez maior, e, ao mesmo tempo, aprende a funcionar como um indivíduo independente e autogovernado. Isso simplesmente expressa o princípio de unicidade na diversidade, que governa todas as almas que estão evoluindo.
Gradativamente, através de escolhas motivadas por si mesmo e experiências de vida, aprende-se a avançar da expressão dependente e com freqüência co-dependente do pequeno Eu pessoal para a vida em grupo coesiva e interdependente do Eu divino, mais amplo. Todos vocês são partes uns dos outros bem como partes eternas do todo divino.

Vocês jamais estão sozinhos ou isolados em ponto algum, seja ele qual for. O corpo físico é composto de trilhões de vidas elementares; analogamente, os envoltórios etérico, astral, mental, causal, búdico, átmico, cósmico e logóico de cada um dos chamados indivíduos é constituído de incontáveis trilhões de vidas elementares, formando o Eu Sou de que cada um necessita para existir.
Vocês jamais podem estar sozinhos ou se separar das suas filiações grupais do plano interior. Podem apenas acreditar erroneamente que foram deixados sozinhos. Cada um aqui, a serviço na Terra, está codificado para despertar num determinado momento. Cada um é gradativamente atraído para se associar àqueles destinados a trabalhar juntos, como uma equipe. Cada um tem uma peça do quebra-cabeças, mas ninguém tem todas as peças, o quebra-cabeças inteiro. As sementes estelares estão destinadas a trabalhar como uma vanguarda coordenada e cooperativa. Vocês necessitam uns dos outros para decodificar e ativar suas missões.
Foi parte do plano divino, que obteve concordância antes de sua chegada aqui, que vocês estariam vendados. Vocês estavam destinados a viver de maneira comum durante um certo tempo, inconscientes de suas origens de sementes estelares e de suas ligações fora do planeta. Não há necessidade de lamentar o tempo necessário para que vocês ativassem e recordassem sua identidade e propósitos verdadeiros. Desde 1929 as sementes estelares começaram a chegar a Terra.
Desde 1985 aproximadamente os entrantes vêm chegando em números cada vez maiores. Almas provenientes de outros mundos chegaram em outras ocasiões, é claro, mas não em tão grande número. De tempos em tempos, também vieram entrantes, chamados nos tempos antigos de “bebês trocados pelas fadas”. Agora a transição deste mundo rumo a um alinhamento dimensional superior e à nova era requer um grupo qualificado de trabalhadores em equipe, que tenham participado antes desse tipo de projeto e conseqüentemente possuam habilidades cuidadosamente refinadas.

É tarefa de vocês oferecer seus talentos individuais e sua contribuição única para a sociedade através de quaisquer grupos pelos quais vocês se sintam atraídos, desejosos de integrar, e funcionar no nível mais elevado em que tenham consciência e capacidade de se expressar. Esse pelo menos é o ideal. Com demasiada freqüência, os seres da Terra simplesmente seguem em frente, adaptando-se aos padrões dominantes de condicionamento social e um sistema de crenças autoritário. Sentindo-se isolados e sozinhos, inconscientes de seu verdadeiro valor, muitos permanecem, sem qualquer necessidade, ignorantes de sua divindade e da atual oportunidade para co-criar conscientemente um novo modo de vida para si mesmos e para as outras pessoas.
A que enorme distância isso se encontra da vida e do propósito maiores que eles poderiam estar partilhando! Agora, na Terra, é oferecida a oportunidade de participação num contexto de vida mais profundo e significativo. Vocês, amadas sementes estelares, estão aqui para fazer ouvir o chamado que emite a nota tônica, para dar o exemplo e conduzir ao longo do caminho.
A maturidade espiritual segue uma trilha no decorrer da qual a pessoa deixa de ser um seguidor do caminho e da crença de outra pessoa para se tornar a corporificação de seu próprio conhecimento divino. O verdadeiro guia, guru, mestre ou indicador do caminho é o conhecedor divino que sempre reside no interior do seu coração. A voz desse Eu interior é a intuição de cada um de vocês.
Intuição... vocês são projetados para ser orientados a partir do interior, seguindo seu coração. O princípio da vida divina está ancorado no seu coração e flui através do seu sistema sangüíneo. É exatamente por essa razão que vocês devem seguir e abraçar apenas aquelas coisas às quais o seu coração responde de todo coração.

O princípio de consciência, também conhecido como alma, estende a sua energia brilhante através do cérebro e do sistema nervoso. Quando vocês são capazes de operar a partir de uma total concordância do coração, da mente e da ação, adquirem uma enorme potência e capacidade. Isso permite que a vida divina e a percepção amorosa da Fonte divina fluam através do corpo físico como atividade inteligente. O objetivo e o propósito de todas as disciplinas espirituais consiste em adquirir a habilidade do governo de si mesmo. Desse modo vocês criam um canal puro através do qual, como o ser divino, vocês podem se expressar plenamente.



Desejamos a todas as nossas sementes estelares que caminhem livres de qualquer tentação para serem leais, para se adaptarem e seguirem os dogmas oriundos da Terra, as doutrinas e os limitados sistemas de crença em que encontram a si próprios. Vocês não são deste mundo. Muitos, para n dizer todos, dos ensinamentos disponíveis são indicados para as ondas de vida e raças originais que se individualizaram e estão evoluindo sobre a Terra.
Ao estabelecer isto, nós do comando, não queremos promover nenhum sentido de superioridade ou separatismo entre os nossos voluntários baseados na Terra. A nossa intenção é tão-somente apontar o caminho para uma maior eficácia nos seus serviços para a humanidade. À medida que forem despertando mais profundamente para a identidade como semente estelar, e para seu planeta de origem, nós desejamos inspirar seus esforços ao longo das mais usuais destas linhas à sua disposição. É certo que vocês chegaram a partilhar as dádivas cósmicas de um universo amoroso e benigno. Vocês, como almas extraterrestres, estão também aqui para aprender e receber o que este planeta tem para oferecer em contrapartida.

Foi estabelecido nos arquivos da irmandade que cada identidade já foi, tenta se tornar, está se tornando ou se tornará eventualmente um ser humano. A vida humana é muito preciosa pela razão de que, em nenhuma parte do universo, se encontra uma raça híbrida como a que nós temos na face da Terra. O quarto reino da natureza, conhecido como o humano, é uma fase transicional que liga os reinos das vidas elementais e dévicas mais as animais, ou o terceiro reino, com o quinto reino que é o da alma.
Assim, é passando pelo estágio humano que todos os reinos de menor evolução são capazes de atingir a maestria e voltar para a imortalidade e a fonte divina. Por esta razão, a Terra é a escola de maestria onde cada um é destinado a se graduar como um mestre imortal. O eventual papel da Terra e do homo sapiens é duplamente envolto por mistério e majestade. A Terra serve perfeitamente como plataforma de lançamento de onde a alma se destina ao papel de mola para as vistas longínquas dos propósitos cósmicos.
Agora, um pequeno exercício para ajudar a sua ativação e decodificação pessoais. Peguem o seu diário espiritual e uma caneta e procurem um lugar tranqüilo e solitário. Sentem-se confortavelmente e peçam a pura luz branca da suprema fonte divina para encher, envolver e alinhá-los com a sua verdade e sabedoria interiores. Sintam-se livres para escolher aqueles nomes e imagens que representem a fonte suprema para vocês acharem esta aproximação útil.
Expressem a sua prontidão para saber quem vocês são e como realizar o seu grandioso destino e a sua função divina. Peçam para ter todos os conceitos e condicionamentos clareados a partir de seus pensamentos e mente que já não estiverem mais aptos para servir o bem mais elevado. Permitam que a graça divina dissolva quaisquer resíduos de desequilíbrio emocional que possam estar presentes. Relaxem e coloquem-se plenamente e completamente na pureza do amor e da luz e da presença divina.

Tomem algumas golfadas profundas de ar e sintam com cada uma delas que a luz está enchendo cada célula de seu ser, despertando sua sabedoria adormecida. Respirem luz em cada parte de seu corpo, mente e campo áurico. Permaneçam expandindo a sua luz em círculos alargando, sentindo os grandes raios que estão brotando de vocês, tocando em toda a sua vida por toda parte. Em primeiro lugar, vocês se sentirão como se estivessem dentro da luz; depois, irão se dar conta de que a luz está dentro de vocês; finalmente, saberão que vocês são a luz.
A presença divina morando dentro de vocês, sentindo-se verdadeiros, brilhará de cada átomo de seu ser. Em alguns momentos respondendo com clareza, outros irradiando fortalecimento e propósito divino. Contemplem o quanto vocês podem expressar a si mesmos de forma útil. Levem em consideração os seus dons e talentos. Determinem só um passo e uma ação que vocês possam assumir agora, hoje, e resolvam fazê-lo hoje.
À medida que as introspecções crescem, escrevam-nas. Sempre examinem o que poderiam fazer para levar este primeiro passo num determinado sentido. A cada dia, façam o passo de antes e depois e assim por diante. O segredo é que a habilidade para fazer isto só entrará e se tornará disponível se vocês agirem. O poder virá de acordo com o seu empenho para dar o primeiro passo.
As sementes estelares estão aí para servir como as mãos e os pés das forças da luz, dos arquitetos e dos construtores de uma versão totalmente nova de vida na terra. O seu trabalho é o de fazer todas as tarefas com devoção, dedicação e desprendimento, não esperar nem reconhecimento nem prêmio, mas simplesmente servir como um condutor divino no setor dimensional espaço/tempo. À medida que fazem uso efetivo do tempo, da energia, do espaço e da energia disponíveis para vocês, se tornarão seguros de que tudo quanto se pede para cumprir a sua missão estará sempre à sua disposição, se dele vocês precisarem.

Muitos esperam e desejam mais dinheiro ou um grande centro de luz, ou eles desejam um dia iniciar uma comunidade. Alguns esperam para encontrar o seu par espiritual com quem poderão servir. Nenhuma destas esperas e desejos é necessário. Saibam que o que quer que tenham ou deixem de ter, vocês têm tão-somente o que devem ter agora.
A sua missão como sementes estelares só requer a partilha de seu coração, de seu amor e de tudo quanto possuem. Todo o resto é apenas uma via de escape e um suporte de estágio. Vocês são aqueles que assegurarão a este mundo cheio de ameaças e a seus habitantes que o amor prevalecerá pelo cosmo afora. Não importa quem vocês encontrem nesta missão já que a maior preocupação que muitos parecem ter na Terra é a de saber se Deus os ama, sim ou não. Cada qual que vocês encontrem parece carecer da certeza de saber se são divinamente amados e assistidos, se Deus realmente existe, assim como com o plano divino de que cada qual está incluído num desenho cósmico bonito e amável. Se vocês servem para comunicar só isto, vocês terão, aliás medido o desafio de ser uma semente estelar.
Votos de paz na luz do Nosso mais Radiante Um.

Adonai.

Seguidores