terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A Vida no Plano Astral





A partir de hoje vou divulgar artigos que falam exclusivamente da vida astral. Tudo o que você sempre quis saber, será respondido. Por favor, se tiver alguma dúvida deixe seu comentário e responderei assim que possível. É importante falar que as respostas são baseadas em relatos de espíritos e na minha própria experiência no assunto.
1) Quais são as características gerais do plano astral?
No mundo astral ficam todos os espíritos desencarnados que viveram na Terra e em outros planetas do universo. Há também almas encarnadas, que durante o sono se encontram com os espíritos que mais se afinizam.
Nesse plano podemos atravessar paredes, portas, fogo e tudo que compõe o plano material. É possível plasmar objetos e pessoas apenas com a força da mente.
2) Se os objetos possuem aura, significa que eles também possuem um espírito?
Certamente. Uma pedra, por exemplo, só existe materialmente pois possui componentes e fluidos espirituais.
3) Como é a vida espiritual ao redor do planeta Terra?
Em volta da crosta terrestre se localizam as cidades astrais, que são muito semelhantes com a nossa vida material, aparentemente.
O umbral, lugar onde os espíritos sofredores ficam, está mais perto daqui do que podemos imaginar. As cidades umbralinas são escuras e sujas. Nelas, vivem os desencarnados que se suicidaram ou que possuem um alto nível de abandono interior. Obviamente, lá existem hospitais para aqueles que precisam e aceitam ajuda de espíritos mais evoluídos.
Há também cidades com boas energias ao redor da Terra.
4) Como vivem os espíritos nas cidades astrais? Eles comem, bebem, dormem, urinam, fazem sexo?
É importante ressaltar que as características apresentadas à seguir são encontradas nas cidades mais próximas do nosso planeta e naquelas que possuem evolução parecida com a nossa.
Os espíritos comem e bebem. Na verdade, são alimentos e bebidas plasmadas; como consequência precisam evacuar. Eles podem se alimentar dos fluidos energéticos de coisas materias, como água, drogas, etc. Além disso, eles dormem, sonham e trabalham.
Agora, você deve estar se perguntando: eu farei sexo depois de morrer? Sem dúvida! No entanto, o sexo no plano astral é muito mais intenso e prazeroso.
Uma vez, o Calunga falou uma frase que responde muito bem essa pergunta: “Vocês pensam que eu sou uma fumacinha no ar. Mas eu preciso olhar para não tropeçar na rua!”
5) Como os espíritos se transportam de uma cidade para outra?
Existem várias formas. A primeira: através da força do pensamento. A segunda: através de um veículo chamado aeróbus – uma espécie de ônibus sem rodas. A 3ª: através de discos voadores.
6) As  almas desencarnadas sabem se você é um espírito encarnado na Terra?
Sim, eles sabem observando o cordão de prata – visível.
7) Os espíritos conseguem se comunicar telepaticamente?
Com certeza. A linguagem universal é a da mente, que se comunica e interpreta mensagens sem a necessidade de aprender uma língua específica. Portanto, é possível conversar em telepatia com um espírito que não sabe falar português, por exemplo.
8) Assim que desencarnar, lembrarei das minhas vidas passadas?
Depende. A lembrança das vidas anteriores só existe para aqueles que possuem um maior controle emocional. Isso é muito justo, pois nós já ficamos com mágoas de pessoas que nos fizeram mal na infância, você imagina se seria bom ficar lembrando coisas que vivemos 300, 800, 10 mil anos atrás? Não daria certo mesmo!
9) Para qual cidade eu vou depois de morrer?
Isso vai depender muito da sua vibração energética, que são um reflexo das suas crenças e daquilo que praticou na Terra. Por exemplo, se você era um viciado em drogas, encontrará espíritos que provavelmente faziam a mesma coisa.
Não se esqueça: uma cidade astral é reflexo da vibração comum dos seres que vivem ali e que, sem dúvida, pensam do mesmo jeito.
“É inteiramente possível que, por trás da percepção dos nossos sentidos, estejam escondidos mundos de que não tenhamos consciência.”

http://www.luminariasiluminare.com.br/
http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

2012 - A Transformação da Terra

domingo, 19 de fevereiro de 2012

DNA Espiritual






O nosso maior tesouro não é posses naturais ou dinheiro, mas é o que está escondido dentro de nosso próprio subconsciente. É a parte escura, sem uso de nosso ser que é, na verdade, a luz que é inconsciente de si mesmo.
~ Carl Jung
Qual é o nosso DNA?
DNA, ou ácido desoxirribonucleico, é o material hereditário em seres humanos e quase todos os outros organismos. Quase todas as células do corpo de uma pessoa tem o mesmo DNA.
Segundo a ciência, pelo menos 97% de nosso DNA, é considerado "junk" DNA; à esquerda de 3% é considerada como a cota onde reside os "válidos" códigos de informação em nosso sistema corporal. O astrônomo Carl Sagan disse uma vez que o nosso 97% de DNA inutilizado é apenas "rabiscos genética".
Os 97% não é lixo, nem é inutilizável. Este espaço inexplorado em nosso DNA Codex contém uma quantidade incrível de informação muito útil no nível da alma, mas na Humanidade, esse potencial ainda é latente em nosso desenvolvimento potencial e evolução.
A parte não utilizada do DNA é considerado como conter informações sobre as nossas vidas passadas, registros Akáshicos armazenados em formatos holográficas; que a ciência não sabe como traduzir e decodificar ainda.
Em nosso atual DNA estrutura , temos duas vertentes visíveis, que são chamados DNA espinha dorsal, mas todas as outras 10 outras vertentes estão presentes. Alguns cientistas afirmam que pode vê-los, mas eles são formalmente chamados de "DNA a sombra".
De acordo com os ensinamentos esotéricos, as duas primeiras vertentes são DNA físico, os outros dez cordões são DNA Espiritual. Os doze fitas, que trabalham em pares, podem ser agrupadas da seguinte forma:
Par 1, o DNA Backbone: este par é responsável pelos aspectos físicos do corpo humano. Eles dirigem padronização genética. DNA Backbone denota as predisposições do indivíduo a determinadas condições, como envelhecimento, saúde, metabolismo e estrutura a vida em geral. Estes também são responsáveis ​​pelas características externas que se tem, como cor do cabelo, pele, etc
Par 2, DNA Etérico: Aqui encontramos o reservatório dos aspectos emocionais, e neste temos um registro de como o indivíduo pode agir e reagir a padrões emocionais. Esta parte responde intuitivamente à personalidade, que chamamos de Ego. A activação destes filamentos facilitar o funcionamento da mente individual embora uma perspectiva muito mais ampla.
Par 3, DNA Psíquico: Essas fitas são responsáveis ​​pelo perfil genético mental, em outras palavras, eles definem como a energia mental será usado no pensamento direto: raciocínio lógico, linear, intuitivo, artístico ou emocional. Estes são uma parte muito importante da mente. Sua ativação pode permitir a um indivíduo a perceber outras realidades e pensar em termos abstratas. Também encontramos aqui o código que dá a informação sobre se uma pessoa tende a ser pessimista ou otimista.
Par 4, DNA Anima: Anima é o antigo nome latino para a alma. Neste registro par, encontramos o Karma (aulas) eo Dharma (propósito ou missão de vida). Podemos experimentar aqui os padrões de predisposição realizadas pela alma através das suas viagens, as feridas cármicas, os Samkaras, as energias inacabadas e projetos abertos da alma. Se ativado corretamente, o DNA Anima pode terminar energias derrubada, ou cármica lixo, a qualquer momento.
Par 5, DNA Astral: Esta é a bacia onde todas as influências eletromagnéticas de nosso sistema solar são integrados com a força gravitacional determinada pelo lugar que nasceu [1] . Esses registros podem ser facilmente lido em um gráfico personalizado astral, mapas astrais ou.
Par 6, DNA Cósmico ou sistêmica: Nesta seção do nosso DNA, que armazena todo o potencial para criar e recriar a nós mesmos. Esta é a parte mais espiritual do nosso ser enraizada em nosso código genético. Este é o ponto principal da ligação entre o indivíduo e todo o universo cósmico. Com este par totalmente ativado, é capaz de situações de manifesto em suas vidas de forma mais independente. É a partir dessas conexões maiores que nossa capacidade de se manifestar "milagres" vem.
Tradição declara que os seres humanos tinham todas essas possibilidades totalmente ativados em um ponto no tempo: eles fazem parte do nosso projeto original Divino. Como este desapareceu da população em geral, ativação foi utilizado como um rito de passagem nas tradições antigas escolas de mistério para ativar sumos sacerdotes e sacerdotisas, profetas e oráculos. Hoje, muitas dessas ligações têm agora a ser "trabalhado" em ordem para ser reativada, através de curas de som (o uso de certosSolfejo [2] frequências), decretos,meditações e exercícios práticos, e do estilo de vida do curso e ao longo da vida as práticas espirituais. Ativando o seu DNA dormente, que com o tempo também lhe dará acesso aos segredos e mistérios de que você é e qual o seu propósito de vida é, permite-lhe realizar seu pleno potencial aqui na Terra.
Em todos nós há uma fome voraz de profundidade, para conhecer o nosso património - para saber quem somos
e de onde viemos. Sem esse conhecimento enriquecedor, há um anseio oco.
Não importa o que nossas conquistas na vida, ainda há um vácuo, um vazio, ea
solidão mais inquietante.
~ Alex Haley


Desenvolvimento do Corpo de Luz e DNA

Cada plano de existência tem um corpo que está conectado a ele. Uma das chaves para a evolução super acelerada é ancorar, ativar e atualizar esses corpos em seu sistema de quatro corpos existente. Uma maneira eficaz para conectar todos os corpos é o desenvolvimento de seu corpo de luz através da re-codificação de seu próprio DNA ...



Corpo de Luz ou Espiritual DNA é o projeto para o nosso propósito de vida e as potencialidades divinas ou o "Projeto Divino" da humanidade, a expressão suprema de nós como indivíduos e, finalmente, é o caminho para alcançar a Ascensão.


Este site contém material com direitos autorais, cuja utilização nem sempre tem sido especificamente autorizado pelo proprietário dos direitos autorais. Estamos a fazer tal material disponível em nossos esforços para avançar na compreensão dos aspectos ambientais, políticos, direitos humanos, questões de justiça da democracia, económica, científica e social, etc Acreditamos que este constitui um 'uso justo' de qualquer material protegido por direitos autorais, como previsto na seção 107 da Lei de Direitos Autorais dos EUA. Em conformidade com o Título 17 USC Section 107, o material deste site é distribuído sem lucro para aqueles que tenham manifestado interesse prévio em receber as informações incluídas para fins de pesquisa e educacionais.
http://www.luminariasiluminare.com.br/
http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br/















terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

PROSPERIDADE




Para o medium Humberto Pazian, uma pessoa próspera é feliz no corpo, na mente e no espírito, irradiando essa felicidade para outras pessoas.

Por Érika Silveira

Como ser mais próspero na vida? É esta a proposta de “Prosperidade em 42 dias”, Livro que tem feito grande sucesso inclusive entre o público espírita. Seu autor é o médium Humberto Pazian, dirigente da Fraternidade Francisco de Assis, entidade sediada no bairro de ViLa Industrial, zona Leste de São Paulo (SP), além de apresentador de programas espíritas nas rádios Boa Nova e MundiaL e autor de vários outros Livros, como meditação: - um caminho para a felicidade, O Fim do Mundo, Do Suicídio à Vida e Doação de Órgãos, entre outros.

Nesta entrevista, Pazian fala de sua visão da prosperidade, trazendo melhores esclarecimentos sobre este tema que vem sendo abordado com muita freqüência ultimamente.

Como você descobriu a importância da prosperidade em sua vida?

Humberto Pazian -- Eu nasci em uma família muito humilde, de poucos recursos e, como todo jovem, sonhava com um futuro melhor. Então, tive contato com um tipo de leitura de auto-ajuda que me atraiu muito. Eu já era espírita, mas não aceitava muito a convivência com o sofrimento. Esse meu interesse começou quando eu tinha cerca de 14 anos de idade, sempre procurei ler, fazer experiências em minha vida. Hoje, a prosperidade é uma coisa da qual não apenas preciso, eu tento vivê-la. Acredito que minha tarefa é fazer com que as pessoas compreendam isso da mesma forma, porque todo mundo pode e tem o direito de ser feliz, foi para isso que fomos criados. Se não estamos felizes no momento, devemos mudar a maneira de agir e pensar a partir de agora.

O  livro Prosperidade em 42 dias foi uma forma de colocar em prática essas teorias?

Humberto Pazian - Na verdade, o livro é o resumo de todo o aprendizado adquirido em anos de prática e experimentação, apresentado de forma resumida para que se possa entender o processo. Precisamos parar com a idéia de que não dá para alterar o carma, de que viemos para ser pobres, infelizes. Não é nada disso. Há um meio de compreender a vida de maneira mais saudável, entendendo que o amanhã é construído hoje. Acredito que viemos para sermos felizes. Se não somos, é porque fizemos alguma coisa errada, que pode ser consertada a qualquer momento.

Para você, o que é ser um individuo próspero?

Humberto Pazian – É ser uma pessoa que não é feliz apenas para si mesma, mas que transmite a felicidade para as pessoas à sua volta, torna outras pessoas prósperas também, é um exemplo de solidariedade. Ser uma pessoa próspera é ser feliz no corpo, na mente e no espírito.

Você acha que o público espírita ainda tem resistência para temas como a prosperidade ou hoje existe uma abertura maior para isso?

Humberto Pazian -  As coisas mudaram muito de uns anos para cá, acho que, sem alterar a base da doutrina, o espírita tem acrescentado muita coisa nela. A própria doutrina não é estática, Kardec disse que outras coisas seriam acrescentadas. O mundo está mudando e o espírita também, vendo a vida de uma forma mais ampla, sem ficar tão fechado para os novos conceitos. Erroneamente, muitos espíritas acreditam que temos de sofrer por causa do carma, que viemos aqui para resgatar nossos erros, quando, na realidade, não é bem assim. A vida é algo muito alegre, portanto, não temos que ficar esperando a reencarnação ou outra vida para sermos felizes, podemos começar a viver bem hoje, colocando em uso as teorias que aprendemos. Assim, estaremos começando a criar um carma muito bom e positivo.

Este é um tema que está muito em moda atualmente. Mas, em sua opinião, qual é o diferencial de ter o embasamento dos ensinamentos da doutrina espirita para se chegar à prosperidade?

Humberto Pazian -  Realmente, hoje, muita gente vem trabalhando esse tema, mas visando apenas a questão financeira. Eu procuro passar uma abordagem mais ampla, tanto nas palestras realizadas como no próprio Livro. Claro que a parte financeira é importante, fundamenta até para o progresso, a educação e uma série de outras coisas, mas saúde, união, felicidade e realização de nossos sonhos também são coisas de suma importância. O tema prosperidade se encaixa perfeitamente no contexto espírita, pois o que a doutrina faz com a gente? Não tenta nos reformar para que sejamos melhores? Sendo assim, o fato de sermos melhores nos aproxima de Deus e é ai que se encontra a felicidade. O que se sugere nesse experimento é uma mudança interior, para que as pessoas troquem seus antigos conceitos negativos por algo mais positivo.

Existem alguns passos para um maior êxito na busca da prosperidade?

Humberto Pazian - Primeiro, precisamos definir o que é prosperidade em nossa concepção, pois podemos senti-la de várias formas. Para uma pessoa, a prosperidade é urna situação financeira estável, então esse é o objetivo que ela deve tentar. Já para outra, talvez a prosperidade esteja no fato de ser livre, de ter saúde e assim por diante. Dessa forma, é importante essa definição em um determinado momento, porque os conceitos também mudam com o decorrer do tempo. O segundo passo é se preparar para isso, pois, muitas vezes, as pessoas colocam um objetivo na mente e, no entanto, não se mexem para conquista-lo. Além de criar o objetivo e visualizar o método, é preciso acreditar que realmente vai conseguir alcançá-lo, fazer uma reprogramação da vida. O processo é muito simples, basta colocar no papel as coisas que se necessita para chegar a esse objetivo. Não adianta ficar só sonhando, porque nada vai cair do céu, há a necessidade de empenho e determinação. Esse é um exemplo básico, mas que pode ser aplicado em qualquer objetivo na vida.

Então ha uma diferença entre meta e sonho?

Humberto Pazian -  De uma forma ou outra, todos nós sonhamos, conforme o grau de cada um. As vezes, ficamos sonhando em viajar pelo mundo, trocar de carro, adquirir uma alta evolução espiritual, enfim, são sonhos que nos ajudam a viver. Agora, quando os colocamos como meta, a coisa muda completamente de figura, pois é um sonho que se tornará realidade. Meta significa realização do sonho.

Atualmente, a Terra está passando por um momento muito difícil de transformação. De que forma podemos atingir e contribuir para a prosperidade coletiva do planeta?

Humberto Pazian -  Aquele que visa apenas o seu bem é uma pessoa egoísta, avarenta, e as leis universais percebem isso. Alguém muito fechado em si mesmo com certeza não consegue ser próspero, pode ter muito dinheiro, poder ou fama, mas não terá prosperidade. Uma pessoa próspera de verdade ajuda os outros até com seu exemplo. Portanto, quanto mais indivíduos prósperos nós tivemos, maior será a irradiação delas e, assim, teremos urna comunidade mais feliz. E uma questão de consciência de cada um.

A prosperidade também pode ser trabalhada dentro de casa, com a família, a fim de que se formem lares mais estruturados?

Humberto Pazian - Deveria ser ensinado para as criancas, não só nas famílias, mas também nas escolas, que é possível ter qualidade de vida, pois se elas crescem acreditando em um futuro melhor, é isso que irão buscar. No entanto, infelizmente, muitos pais deixam suas frustrações e negatividades nos filhos, o que fica marcado neles. O lar é um lugar muito apropriado para se desenvolver o conceito de felicidade.

Fonte: Revista Cristã de Espiritismo nº 17

MAGNETISMO HUMANO






Todo ser humano possui magnetismo, que é a forma
de transformar o fluido vital em energia. Aliado ao
hipnotismo, que é a ação sobre os centros nervosos,
ele permite o reequilíbrio do corpo e a cura de doenças.

Mario Coelho
Entrevista realizada no canal IRC #espiritismo

Antes de mais nada, é importante estabelecer­mos a diferença entre magnetismo e hipnotismo. Historicamente, o magnetismo data da antiguidade, do antigo Egito, da Grécia antiga, fazendo par­to das relações sacerdotais com o povo e os fiéis que buscavam o contato com seres capazes de intermediar a cura divina.

O termo magnetismo já era usado no século XVII por Van Hetrnont. Era conhecido como “magnetismo animal”, mas ganhou força de doutrina somente com o austríaco Franz Anton Mesmer, que, através de suas memórias impressas, estabeleceu 27 proposições acerca do fenômeno. Etc dizia que os astros agiam sobre nós, outros astros e corpos animados, sendo que esta influência tinha um agente, que era o fluido cós­mico universal. Os corpos gozavam de propriedades análogas as do imã, podendo ser transmitidas para outros corpos animados ou inanimados. Afirmava am­da que a doença era um desequilíbrio deste magnetismo corporal.

Já o termo hipnotismo foi criado pelo médico inglês Braid, depois do ver algumas sessões com o magnetizador La Fontaine. Etc dizia ter descoberto a causa da magnetização de um corpo sobre outro. que era a sugestão do magnetizador ao agir sobre os centres nervosos. Com isso, etc quis dar ares de ciência à questão. batizando o fenômeno com um novo nome.

Devemos olhar o magnetismo sempre tendo em monte um fim importante para sua utilidade e, por sermos espíritas, utilizarmos esta forma juntamente com os espíritos. Por certo, agindo como médium. Teremos nossas disposições fluídicas melhoradas pelos espíritos trabalhadores do bem. Portanto, façamos uma “auto-hipnose” todos os dias, com idéias otimistas fortalecidas por tudo aquilo que já aprendemos com a doutrina espírita. Desse modo, estaremos sempre com as mãos no serviço do bem, não tendo tempo para acomodar as “sugestões do mal” em nós. 

Franz Anton Mesmer, conhecido como o “pai do mesmerismo”, ainda é considerado como cientista e inovador por uns e como charlatão por outros. QuaL a sua opinião?

Mario Coelho -  Vejo Mesmer da mesma forma que qualquer homem implantador de idéias. Ele trouxe as bases para que entendêssemos o magnetismo, muito embora tenha sido taxado de charlatão em algumas de suas demonstrações. Muitos dos erros de Mesmer não foram equívocos da doutrina que trazia. mas da própria ânsia de querer provar a realidade de seus estudos para aqueles que o pressionavam tenazmente. Acho que tudo foi fruto da própria época, do desejo de crer por parte de alguns e de combater por parte de outros.

Segundo Mesmer, a doença é o magnetismo desequilibrado. Sendo assim, a hipnose pode ajudar a reequilibrar o corpo? De que maneira?

Mario Coelho - O hipnotismo com finalidade médica ajuda o equilíbrio da mente no sentido de sugestionar o doente a tirar de dentro dele algumas idéias fixas que são substratos da doença. Porém, fazemos isso mesmo sem conhecermos o hipnotismo. Quando ternos uma dor e começamos a criar idéias otimistas sobre ela ou procuramos entender sua causa, isto é uma auto-sugestão para redimensionarmos nossa dor. Por exemplo: é mais fácil para um espírita aceitar a dor da morte de um ente querido do que um não-espírita, mas a perda não é a mesma para ambos? No entanto, com conhecimento. o espírita redimensiona sua dor tornando-a menor. ELe aceita porque entendeu e se preparou para tal. No fundo, é um trabalho junto a própria mente e, porque não dizer, ao próprio espírito.

O magnetismo pode ser confundido com transe mediúnico ? A pessoa hipnotizada está sempre acompanhada por alguma entidade?

Mario Coelho -  Há pessoas que se auto-hipnotizam inconscientemente e entenda-se essa hipnose no senti­do de fortificar em si uma idéia fixa. Desse modo, vemos pessoas com crise emocional simulando inconscientemente uma incorporação mediúnica. Primeiro, ela tem a crise com uma pseudo perda da consciência, ao ponto das pessoas que não conhecem profundamente o tema acharem que ela estava caída no chão por ação do espíritos. Depois, muitas vezes, a pessoa sai desse transe como se tivesse mesmo desincorporando. São sutilezas que aqueles que tem contato com pessoas sofridas no centro espírita encontram vez ou outra.

O magnetismo tem poder de cura? 

Mario Coelho  - Sim, o próprio Allan Kardec nos fala isso na Revista Espírita e nas obras da codificação. Antes de ver fenômenos espíritas, ele estudou magnetismo durante 30 anos. Em A Gênese, kardec afirma que nem sempre é possível se dizer quando a pessoa foi magnetizadora pura e simples. Ou seja imbuído pelo desejo de ajudar, o magnetizador sempre será auxiliado por um bom espírito, daí ele passa a atuar como médium.

O passe magnético deve ser aplicado aos doentes em hospitais?

Mario Coelho - Em muitos paises, os magnetizadores e até mesmo os médiuns são cadastrados come agentes de saúde. Muitos centros espíritas fazem o serviço de visita aos enfermos que queiram, que tenham idéias espíritas ou aceitam as mesmas. Mas isso é um serviço previamente preparado, no qual o médium não vai pare magnetizar, mas pare fazer um auxilio apoiado nos espíritos. Se já temos consciência espírita, não há motivos para sairmos dando passes como magnetizadores sem um planejamento.

Uma pessoa que vai magnetizar outra pode, de alguma maneira, vir a prejudicá-La?

Mario Coelho -  Caso não tenha conhecimento das técnicas de magnetismo ou mesmo dos próprios mecanismos das doenças, pode prejudicar sim. Certa vez, um médium passista amigo meu, ao ver a filha com um leve ataque de asma brônquica. decidiu agir como magnetizador e passou a jogar fluído no tórax da criança, só que ela começou a piorar instantaneamente. Por que isso aconteceu ? A asma, por si só, já é uma doença hiper reativa e, ao irradiar fluídos, meu amigo só aumentou ainda mais a reatividade dos brônquios. Na verdade, ele deveria ter dado os passes para dispersar os fluídos do corpo da filha

O magnetismo é algo inerente ao ser humano?

Mario Coelho -  Sim, todo ser humano é portador de magnetismo, já que este nada mais é do que uma transformação de nosso fluido vital. Sendo assim, teoricamente, todos podemos magnetizar. Sem querer, agimos da mesma maneira dos magnetizadores do passado, que também utilizam também o passe de sopro para aliviar dores.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Elba Ramalho e os Exta Terrestres


Por Administrator   
26 de setembro de 2007
  
Vai aí um pouco de história. Eu já tinha lido isso uma vez, e já tinha até esquecido. Então conheci a Elba Ramalho em Curitiba, num evento do Rafael. É uma pessoa maravilhosa. Recebi hoje, de um amigo, esta entrevista, publicada por UFENOMENA, em 2001. Quem tiver interesse, está aí. É polêmica!
Pedro de Campos da Equipe UFO

1 - Quando começou a se enteressar por uflogia e extraterrestes?
Quando era criança acreditava em tudo que não estava neste mundo, 
que não estava ao alcance da compreensão do homem. 
O mundo dos espíritos povoava minha mente e me despertava 
interesse e muita sedução. Tive várias experiências espirituais 
através de sonhos e intuições e isto continua acontecendo até hoje. 
O assunto ufologia passou a me interessar na adolescência, muito pelos
 amigos que buscavam naves nos céus e passei também mais olhar pro céu 
sempre na esperança de ver alguma coisa. Mantenho o hábito até hoje. 
Bom, acabei vendo naves e conhecendo muito mais sobre ETs 
do que esperava ser sabedora.
2 - Quantas raças alienígenas você já tomou conhecimento?
É muito difícil afirmar algo que ainda é enigmático até para os especialistas. 
Sei, através de livros e de alguns canais que existem milhares de planetas 
habitados. Computa-se que, entre bons e maus ETs, hoje na terra somam-se
 mais de 10 raças.
3 - Quais são as raças boas e quais são as más?
Muitos seres de luz habitam o universo. Seres que nos visitam com suas 
poderosas naves. Estes realizam pesquisas, nos observam e sabem das 
nossas intenções e projetos de vida, conhecem o potencial espiritual de 
cada ser observado e têm planos que incluem os humanos e o futuro do 
nosso Planeta. 
São conscientes da missão na Terra e jamais interferirão no nosso livre 
arbítrio pois conhecem, amam, temem e respeitam a Deus. Penso que 
apenas aguardam o momento de se apresentarem e nos salvarem do caos
 em que vivemos e que é criado constantemente pelo próprio homem. 
É isso que desejamos. Sabemos dos Marcianos. Venuzianos, Acartianos,
 dos seres luminosos do Planeta Sírius que vibram de forma etérea pois 
são supra, ultra-luminosos e aí está o alto comando liderado por Asthar 
Sheran. 
Temos conhecimento e de forma mais profunda sobre os outros que estão 
trabalhando negativamente na Terra. Os Reptilianos e os Grays que segundo 
alguns pesquisadores, são raças muito frágeis físicamente, muito evoluidas em
 tecnologia e muito inferiores em espírito, não tendo ética nem respeito pelo livre 
arbítrio das pessoas. Segundo informações obtidas por diversas fontes, existe hoje
 um governo oculto que administra a vida desses seres na terra. Um acordo que 
envolve troca de favores, mais ou menos isso. Recebemos tecnologia e em troca
 fomos colocados como cobaias para suas experências levianas e desumanas.
 Estes seres não têm qualquer sentimento e não se sabe quais as suas verdadeiras 
intenções , se querem misturar com humanos para perpetuação da sua raça ou se
 querem nos eliminar um dia para terem a terra como morada. A verdade é que temos
 certeza da presença dos mesmos entre nós e das milhares de abduções feitas com 
seres humanos e animais. Por último tomei conhecimento de algo ainda mais terrível 
que é a introdução de um tipo de óleo negro na corrente sanguínea podendo causar
 muitos males a saúde física e mental do ser humano. Contam alguns cientistas que 
os Grays trabalham para servir os Reptilianos que são uma raça intra-terrena e de 
grande superioridade tecnológica.
4 - Asthar Sheran. De onde ele veio? O que ele pretende na Terra?
O nosso amado comandante Asthar Sheran, é um dos grandes guardiões da 
Terra e é um ser de muita luz e muito amor. Está ligado a Fraternidade Branca 
Universal. É do Planeta Sírius e hoje mantém contato com vários canais na terra,
 quero dizer, muitas pessoas recebem mensagens suas e trabalham sob essa 
égide de luz. Estes canais divulgam suas mensagens e as publicam em livros, 
conectam esse comando permanentemente, realizam encontros, workshops e 
fazem com esfô
rço um trabalho de consciêncientização para despertar o ser Crística e Búdica 
em todos. Asthar Sheran nos proteje e nos orienta, mas precisamos estar 
preparados para conectarmos esses seres pois são de uma energia muito sutil e
 estão em dimensões superiores. Todos os canais de Asthar Sheran na terra 
têm uma vida espiritual elevada, não usam drogas e são vegetarianos.
5 - Como você conheceu Asthar Sheran?
A primeira informação que tive sobre Asthar Sheran foi através de um grupo de
 estudos exobiológicos de Salvador, criado por um ser já desencarnado chamado 
Paulinho, isto há alguns anos. Existem outros grupos que canalizam este comando intergalático e recebem muitas mensagens e orientações de procedimento para 
os tempos futuros. O Grupo Ramatis, o Grupo Arcádia, através do Professor Ergon
, que por sinal tem vários livros publicados sobre o trabalho dos extraterrestres de
 luz na terra. Neste último ano da minha vida fui chamada a um Santuário de muita
 Luz, um Santuário da Virgem Maria e, através das Suas videntes e confidentes, 
passei a saber bem mais sobre esse trabalho de proteção desse alto comando na 
terra, bem como da presença e abduções feitas pelos Grays, os cinzentos, os 
prateados tão cultuados hoje no mundo da ufologia. Para se entender a alta 
dimensão e vibração que estes seres de luz emanam, é fundamental a fé e o 
desvinculamento das juridições e regras que as instituições religiosas impõem, 
sempre resistindo a esse assunto e afastando em nome de Deus, o homem de 
uma consciência superior. Até para os ufólogos é difícil aceitar a ligação desses
 seres com a Fraternidade Branca Universal, com o Mestre Jesus, com a Virgem 
Maria! Na verdade, a minha dedicação tem sido à Virgem Maria. Tenho pesquisado
 sobre as Suas aparições na terra e pude constatar que em muitas mensagens 
deixadas por Ela a muitos videntes e confidentes, em muitos lugares do mundo, 
há uma reco
mendação especial: "Não entreguem vossos corpos a seres extraterrestres que 
só querem colocar implantes, causando males a vossos corpos e vos levando
 muitas vêzes a óbito! Vossos corpos são invólucros sagrados!" Esta observação 
é encontrada em muitas mensagens deixadas por Ela, que está na terra e hoje 
aparece em mais de quatrocentos lugares.
6 - O que vem a ser a Missão Paz na Terra?
A missão de paz para ser alcançada no seu ápice de realização e êxito, depende muito da nossa atuação, nossa fé e desejo de sermos ajudados. Já falei antes do livre arbítrio que nos foi legado pelo Criador. Não há interferência nesse livre arbítrio e portanto devemos permitir a ajuda e transformar nossas vidas primeiramente.Promover a paz dentro de si, a paz nos lares e a paz no nosso país e no nosso planeta. Segundo alguns cientistas que tenho conversado sobre abduções e como evitá-las, e mesmo as mensagens vindas de seres mais evoluídos, eles sugerem uma vida espiritual atuante, de vigília e permanente estado de prece, meditações, boa forma física, boa alimentação e altas vibrações. Dessa forma nenhum mal atingirá e o amor triunfará nos corações. É preciso olhar tudo por ângulo mais que tridimensional. É preciso transformar os sentimentos, pensamentos e ações. Vejo muita dor e aflição e muitos males que têm surpreendido a ciência e provocado o desespero. É necessário divulgar tudo isto mas é mais urgente iniciarmos um processo de transformar o mal em bem, a escuridão em luz, a tristeza em alegria!
7- Por quê os greys são " maus " ?
Os Grays são seres que trabalham para servir a outros seres. Não sabemos ao certo qual a intenção deles, se querem o Planeta e de que modo vão tentar nos eliminar, sabemos que os seres de luz não colocam implantes nas pessoas e que esses implantes têm causados males a saúde. Danificam as células e enfraquecem o organismo. Parece que é uma forma de rastrear, de nos controlar. Esses seres não são bons e bem intencionados e hoje se encontram em milhares na terra. Na Paraíba, minha terra, por exemplo, já são centenas de aparições e casos de abdução. Já assistí a muitas retiradas de chips em cirurgias espirituais e em todos que estavam abduzidos havia casos graves de saúde.
8- Já foi abdusida por alienigenas? Se foi, qual a sua impressão?
Sim, da mesma forma que outras pessoas do meu convívio. Há muitos anos que transformei minha vida em algo bem mais disciplinado e elevado espiritualmente. Não bebo álcool, não como carne animal nenhuma e mantenho uma vida bem longe das loucuras a que me expus anteriomente. Já havia visto naves bem de perto e penso que foi aí que aconteceu a abdução.No meu caso, os chips perderam sua função e foram eliminados do meu corpo. É difícil para mim essa exposição pública tratando de um assunto que está longe da minha profissão, mas tenho consciência de que, mesmo que para muitos isto não passa de uma loucura ou um filme de ficção, por conheçecerem a verdade, esta poderá salvar. É uma forma de se proteger! Aceito o desafio de ser questionada e até mesmo criticada, mas fui convocada a colaborar, por tudo i que represento para o público e aceitei o desafio, cumprirei a missão! Isto é um assunto meu com Deus. Quero servir a Deus e aos meus semelhantes. Os tempos são ásperos e não podemos ficar olhando o mundo como um grande caos, é preciso crer no milagre!
9- O que acha do fato de apenas os grays estarem expostos na midia e outros como Ashtar não?
Boa pergunta! Nos parece que há um grande pacto de conveniência política com os Grays e nenhum com os seres de luz que trabalham silenciosamente e seletivamente para atingirem o objetivo de reconstrução desse novo mundo que anscencionará à quarta dimensão e será, nem que seja pela dor um mundomais digno do amor dos homens e de DEUS. Comentam alguns historiadores e cientistas, como já falei antes, que estes seres que fornecem tecnologia aos governos evoluídos e em troca realizam experiências com os humanos, violaram o pacto e as regras estabelecidas, foram então chamados a uma explicação e deixaram claros que têm a superioridade tecnológica e nenhuma inteção em recuar e poupar os humanos das suas experiências. Não entendem os humanos e seu sentimentalismo, não conhecem o amor, compreensão, piedade, caridade, solidariedade, respeito, perdão.
10- Você acha que há manipulação que informações sobre ufo são manipuladas pelo governo?
Segundo alguns pesquisadores, é claro que há. Veja só, tudo que recebo de informações hoje da Paraíba, vêm de um Sargento do Exército que não se identifica por mêdo de represália e ética profissional. Compreensível! É pesquisador de UFOS há muitos anos, assim como muitos outros que conheço nessa mesma situção de manter o trabalho e a ética.
11 - Qual sua religião e se há um conflito entre ela e a crença nos extraterrestes?
Minha religião é o Amor. Sou devota de Cristo e de Mae Maria e a Eles tenho dedicado minhas alegrias, aspirações e realizações. Essa dedicação a Mãe Maria me fez produzir um disco Chamado Coração de Mãe, dedicado ao Seu Imaculado Coração e a caridade para com os mais necessitados. Dentro de um mês estará nas lojas e vale a pena anunciar pois tem muita gente boa cantando: Gil, Caetano, Zé Ramalho, Jerry, Chico Buarque, Nana, Geraldo Azevedo, Ney Matogrosso, eu.... No Kardecismo, onde também frequento e trabalho em obras sociais, há em alguns segmentos uma compreensão sobre a existência de vidas em outros planetas. Vejam o livro psicografado pelo ilustre e iluminado Chico Xavier, " Cartas de uma morta". Vejam o livro psicografado, ditado pelo grande espírito de luz, Ramatis, " A vida no Planeta Marte", também recomendo o livro " Mistérios Ocultos", de Joshua...., perdoem, não lembro o sobrenome! Recomendo também o livro "Rays of truth-Crystals of light", Dr. Fred Bell.
12 - Qual sua opinão sobre o Caso Varginha?
Soube por algumas fontes instruídas que em Varginha os seres eram intra-terrestres. Habitavam no centro da terra e estavam a trabalho. Houveram problemas técnicos na nave e ficaram visíveis aos nossos olhos. Foram capturados e mortos. Analisados, estudados e mais uma vez ocultados da sociedade. Não tenho certeza, mas acredito em tudo que foi narrado pelos moradores da região. Quanto aos Ets, sei ao mínimo contato com um soldado bombeiro que trabalhou no resgate, foi fatal para o mesmo. Isto me foi contado por uma pessoa da família do soldado que prefere ocultar a sua identidade.
13 - Qual sua opmião sobre o Echelon e outros sistemas de controles mundias?
Não tenho muita informação sobre isto e prefiro não comentar.

Seguidores