sábado, 24 de agosto de 2013

Dicas e remédios naturais para problemas na tiroide

Dicas-e-remedios-naturais-para-problemas-na-tiroide-1.jpgISTOCKPHOTO/THINKSTOCK
Com as dicas e remédios naturais para problemas na tiroide é possível tratar essa condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Esta glândula, que possui a forma de borboleta e é localizada na base da garganta, controla o funcionamento do metabolismo. Afeta a função dos órgãos, quanta energia é usada pelo seu corpo, e até a temperatura do organismo. A disfunção nesta glândula é conhecida como hipotiroidismo, sendo caracterizada pela produção insuficiente de hormonas tiroideias. Mesmo sendo muito comum, é desafiante quando se trata de ser diagnosticada corretamente, onde pelos sintomas, pode ser facilmente confundida com outras enfermidades. Logo, é de suma importância buscar uma segunda opinião quando diagnosticada; ou quando apesar dos sintomas, a condição não é identificada pelo médico.

Sintomas mais comuns do hipotiroidismo

  • Fadiga
  • Ganho de peso inexplicável
  • Cabelos e pele ressecados
  • Tosse ou constipação crônicas
  • Olhos e face inchados
  • Rouquidão
  • Erupções na pele com prurido, ou reações alérgicas
  • Arritmia
  • Problemas com a digestão
  • Baixo desejo sexual
  • Falta de concentração
  • Dor nos músculos e articulações
  • Período menstrual irregular

Tratamentos naturais

Dicas-e-remedios-naturais-para-problemas-na-tiroide-2.jpgISTOCKPHOTO/THINKSTOCK
Uma excelente maneira de tratar esta condição em casa é massagear a tireoide todos os dias. Faça de 3 a 5 minutos, para estimular a produção de hormônios, mantendo o equilíbrio de suas funções. Para isso, basta acariciar a base da garganta e ao longo da traqueia.
Poderá recorrer a Erva Guggul, ou a alga marinha da variedade Fucus Vesiculosus. Ambas podem ser encontradas em loja de produtos naturais em forma de extrato, chá ou tinturas.
Durante o tratamento para o hipotiroidismo é de fundamental importância aumentar o consumo de ácidos graxos Ômega 3, presente em peixes, nozes e sementes de linhaça. Especialistas também recomendam a ingestão regular de iodo, onde as melhores fontes são o óleo de cevada e o coco. Ainda em termos de alimentação, os antioxidantes são de grande importância para equilibrar o funcionamento da glândula. Todos os dias, há que consumir uma porção generosa de frutos vermelhos, como o morango, além de incluir pimentões e tomates nas refeições principais.
Para reduzir o funcionamento da tireoide, a recomendação é incrementar a ingestão de crucíferos, como a couve-flor e a couve de bruxelas, couve, feijão e soja. Há que manter-se longe do excesso de cafeína, álcool, açúcar e adoçantes artificiais. Além disso, deve-se praticar exercícios físicos, mesmo que apenas 30 minutos por dia. Para saber se está no “caminho certo” busque monitorar os níveis de hormônio a cada 6 semanas. É certo que este problema afeta muito mais as mulheres, mas os homens também devem estar atentos...
Quando esta disfunção não é tratada, os efeitos secundários podem resultar em hipertensão, enfisema, depressão, enxaqueca ou diabetes.



Nenhum comentário:

Seguidores