terça-feira, 27 de agosto de 2013

Nutrição Solar

Por Flávio Passos


O desenvolvimento de nossa civilização certamente nos trouxe muitos benefícios e confortos, mas também, como já é de conhecimento comum, severas consequências. Uma das mais significativamente detrimentais à saúde do corpo, da mente e da consciência é sem dúvida a quantidade de tempo que passamos em ambientes fechados, distantes da luz do sol.
Estudos recentes comprovam aquilo que muitos já desconfiavam: a exposição ao sol não causa doenças, nem mesmo o câncer de pele (até hoje não foi registrado um único caso de câncer de pele em populações nativas, aquelas que a cada dia realizam a maior parte de suas atividades sob os raios dourados). O que pode acontecer é uma mutação do tecido epitelial causada pela reação dos raios solares com substâncias artificiais presentes no organismo, as quais podem ter sido ingeridas através de alimentos artificializados ou assimiladas de cosméticos com elementos químicos inadequados.
Embora os meios de comunicação tradicionais se esforcem em nos convencer do contrário, o fato é que quanto mais nos distanciamos do sol, mais debilitamos nossa qualidade de vida. O assunto do momento no meio especializado é a Vitamina D, aquela sintetizada pelo organismo quando este se expõe aos raios solares do tipo UVA, e as implicações causadas pela deficiência desta. Um dos elementos essenciais para o funcionamento adequado do sistema imunológico, da assimilação de cálcio pelos ossos e diversas outras funções, a vitamina D foi detectada em níveis muito abaixo dos recomendáveis em cerca de 80% da população herdeira da cultura ocidental, incluindo crianças.
O PHD Joseph Mercola afirma que, dentre todos os fatores que exercem um efeito decisivo na prevenção e tratamento do cancer, a presença de quantidade suficiente de Vitamina D no organismo é a mais significativa. Nutricionistas especializados e médicos conscientes tem recomendado o uso de suplementos de Vitamina D3 por todo aquele que não passa ao menos 2 horas de seu dia sob a luz do Astro Rei. E com um mínimo de roupas cobrindo a superfície da pele. Se esta prática não se encaixa em seu estilo de vida atual, considere um suplemento de Vitamina D3 de boa procedência. Ou um ajuste de seu estilo de vida.
A participação na síntese da vitamina D é apenas um dos fatores através dos quais o sol contribui para a Saúde. São comprovados os efeitos benéficos da luz solar sobre as funções cognitivas e ao equilíbrio psico-emocional, incluindo-se o bom-humor e à própria alegria. O sol não é apenas essencial para a vida, mas amigo dela também.
Assim sendo, não se deve fugir do sol e proteger-se deste a todo custo, mas conscientemente alimentar-se de sua luz em todos os sentidos. Inclua em sua dieta diária uma generosa e farta porção diária daqueles alimentos especiais que através da fotossíntese capturam a luz do sol em seu interior, combinando-a com diversos elementos e sintetizam vitaminas e enzimas especiais. Refiro-me às folhas verdes comestíveis.
Graças aos esforços de diversos educadores de saúde, o suco verde já é conhecido por milhões de pessoas como uma importante ferramenta de saúde. Uma bebida simples, fácil e acessível, de preparo rápido e sabor agradável que traz diversos benefícios à saúde e que é a maneira mais fácil de se ingerir o potencial nutritivo e medicinal das folhas verdes na dieta diária.
Um dos fatores nutricionais exclusivamente obtidos através do consumo de folhas verdes é a Vitamina K. Até recentemente vista como meramente útil para a coagulação sanguínea adequada, a importância da Vitamina K foi recentemente enaltecida como essencial para diversas funções. Uma delas, de acordo com oAmerican Journal of Clinical Nutrition, é a prevenção do cancer. Neste ultimo mês, este instituto publicou um estudo que revela 30% na redução de taxas de mortalidade por cancer em organismos com presença de quantidades significativas de vitamina K, especialmente quando esta está associada à níveis saudáveis de vitamina D, pois ambas trabalham sinergisticamente.
Como a maior parte das pessoas praticam dietas deficientes em vegetais, especialmente folhas verdes e frescas em quantidade suficiente, a adição de um copo diário de suco verde se faz importante. A seguir, uma receita simples, fácil e deliciosa para você banhar o interior de seu corpo com a luz dourada do sol, transformada em verde pela planta.
Suco de Maçã, Manjericão, Salsa e Cardamomo
Ingredientes:
3 Maçãs Gala Pequenas, apenas lavadas e cortadas em quatro.
1 Xícara de Folhas de Manjericão
1 Xícara de Folhas de Salsa
2 Bagas de Cardamomo e/ou 1 cm de Raiz de Gengibre.
Preparo:
Passe todos os ingredientes em um juicer ou centrífuga ou liquidifique com água de coco (neste caso coando a fibra para obter um sumo leve).
Beba imediatamente, 5 minutos antes do almoço. Observe como os elementos do suco ajudam na digestão do almoço, conferindo-lhe uma sensação de leveza mesmo de estômago cheio.



Nenhum comentário:

Seguidores