quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Uso medicinal da Bougainvillea

Uso-medicinal-da-Bougainvillea2.jpg
O uso medicinal da Bougainvillea inclui o controle da diabetes, tratamento da tosse e cura de úlceras. Nativa do Brasil, Perú e região sul da Argentina, esta flor costuma ser usada para embelezar ruas e jardins. Mas guarda um enorme potencial terapêutico. Podendo ser encontrada em 5 cores vivas e exuberantes, também é conhecida como Primavera, roseiro, pataginha, santa-rita, bungavília, pau-de-roseira e flor-de-papel.
Está cientificamente comprovado que trata úlceras, acaba com a diarreia e funciona como um anti microbiano no corpo humano. É tão potente no combate as bactérias, que pode ser usada contra a famosa E.coli.
Pela presença do composto pinitol em seu princípio ativo, exerce efeitos semelhantes ao dainsulina. Logo, melhora o controle glicêmico, otimizando a captação de glicose no corpo. A casca da raiz regenera as células produtoras de insulina, ganhando espaço na crença da comunidade científica como um excelente remédio contra a diabetes. Também incrementa de forma surpreendente a produção de HDL, o colesterol bom, podendo ser usada com sucesso para esta finalidade.

Suas características muito acentuadas, deixam-na semelhante ao gengibre, em termos deintensidade de sabor. Há que saber de antemão que o chá de bougainvillea é muito amargo. Para tê-lo como remédio natural, basta levar 10 gramas de flores, ou das hastes, para ferver em 3 copos de água. Beba quente. Esse chá também é excelente para fortalecer os vasos sanguíneos, tratando varizes.
Uso-medicinal-da-Bougainvillea3.jpg
Para curar a tosse, adoce o chá com uma colher de sopa de mel. E para curar a tosse de um dia para o outro, misture várias flores de várias cores, 1 dente de alho, 1 pau de canela e 1 ameixa seca. Leve tudo para ferver em 1 copo de água e beba bem quente.
De todos os estudos e pesquisas realizados, a variedade com qualidades medicinais mais acentuadas foi a que produz flores de cor branca.



Nenhum comentário:

Seguidores