terça-feira, 17 de setembro de 2013

Estudo associa refrigerantes, biscoitos e salgadinhos ao câncer intestinal



Refrigerantes, bolos, biscoitos, batatas fritas e sobremesas. Todos os itens desta lista de guloseimas foram identificados como fatores de risco para câncer de intestino, de acordo com uma nova pesquisa da Universidade de Edimburgo, na Escócia.
O estudo é o primeiro de seu tipo a encontrar uma relação entre a doença e uma dieta rica em alimentos que contêm uma grande quantidade de açúcar e gordura. Os pesquisadores analisaram também outros fatores de risco entre os voluntários, como os níveis de atividade física e tabagismo.
Os cientistas analisaram mais de 170 alimentos, inclusive frutas, legumes, peixe e carne, bem como salgadinhos de alto nível calórico – como chocolates, nozes e batatas fritas e bebidas de frutas.
Durante a pesquisa, os cientistas concluíram que o câncer colorretal tem fatores de risco já conhecidos – tais como história familiar de câncer, baixo nível de atividade física e tabagismo, mas também identificaram outros menos estudados, incluindo a alta ingestão de lanches de alta energia e bebidas adoçadas com açúcar.
O estudo – que usou dados do Estudo escocês de Câncer Colorretal – realizado em 2012, baseia-se em pesquisas anteriores sobre a ligação entre o câncer de intestino e a dieta. Esses estudos identificaram dois padrões distintos de comer – um, rico em frutas, verduras e outros alimentos saudáveis; ​​e o padrão ocidental, rico em carne, gordura e açúcar.
O padrão ocidental gera mais risco de câncer que o padrão rico em vegetais.




Nenhum comentário:

Seguidores