segunda-feira, 16 de setembro de 2013

O que é Alimentação Solar?




A Alimentação Solar é basicamente a Alimentação Crua. O sistema de Alimentação Solar desmistifica a Alimentação Crua. A Alimentação Solar requer que 80% ou mais das opções alimentares contenham um balanço de vegetais de folhas verdes, frutas doces e oleaginosas. Os outros 20% podem conter qualquer um dos 14 tipos de alimentos vegetais crus mencionados abaixo ou outros alimentos que você sinta serem apropriados neste estágio. A idéia por trás da Alimentação Solar é comer pelo menos 80% de alimentos vegetais crus e, em seguida, mover-se adiante a partir daí.
Os alimentos vegetais se enquadram em 14 categorias principais:
Frutas: são alimentos que contêm uma semente dentro deles para a reprodução de sua variedade. Podem ser predominantemente doces, neutras, cítricas, sub-cítricas e gordurosas.
Folhas: contêm pigmentos, o principal é o verde da clorofila, fonte de fibras, água vital e minerais. A maioria das ervas são folhas verdes.
Castanhas: são os agentes reprodutivos de certas árvores. São alimentos predominantemente gordurosos.
Sementes: são os agentes reprodutivos das plantas. São ricas em proteína e gordura. Os grãos são sementes.
Leguminosas: incluem todas as ervilhas, feijões e amendoins. São idealmente germinadas antes do consumo. São predominantemente protéicas.
Flores: são os órgãos sexuais das plantas.
Brotos: são plantas novas espalhadas por "trepadeiras" subterrâneas a partir de suas matrizes.
Brotos verdes: aparecem quando sementes ou leguminosas são germinadas e brotadas, quando alcançam um certo ponto de crescimento em que folhas verdes surgem.
Raízes: são as porções das plantas que penetram abaixo da terra. Ricas em minerais, dão a sustentação para o crescimento da planta.
Casca: as camadas de proteção externas das árvores.
Seiva: o fluído vivo de uma árvore.
Haste: as hastes são as partes estruturais fibrosas das plantas.
Vegetação Aquática: os vegetais aquáticos são folhas de plantas contendo elevada concentração de minerais retirados do oceano e acima do solo oceânico. A spirulina e as algas de todos os tipos estão incluídas nesta categoria.
Cogumelos: não são alimentos verdadeiramente vegetais. Estes fungos crescem no escuro e não são diretamente nutridos pela energia vibrante do Sol.
Os benefícios
As implicações da Alimentação Crua são imensas. Uma dieta de alimentos vegetais crus nos põe em contato com o poder vital. Na origem de todo poder vital encontra-se uma abundância infindável.
Dietas como a Ayurvédica, a Medicina Tradicional Chinesa e a Macrobiótica permitem o restabelecimento da saúde humana até certo nível. Estes sistemas foram desenvolvidos para a pessoa comum; o propósito destes sistemas era ajudar a pessoa comum a alcançar uma boa saúde.
O propósito da Alimentação Solar é ajudar a pessoa comum a se tornar um ser humano extraordinário que experimenta uma saúde superior, que vai ao encontro das formas de vida mais elevadas e que libera poderes adormecidos. A Alimentação crua nos possibilita uma relação alquímica com as forças da natureza.
As primeiras coisas que evaporam em um ambiente tóxico são as habilidades supernaturais que nos foram dadas ao nascimento. Assim que o corpo começa a ser envenenado, estes poderes se perdem. Em qualquer degeneração biológica, os poderes mais elevados desaparecem primeiro. Contudo, suas habilidades naturais superiores não foram totalmente destruídas pela alimentação inadequada, elas estão apenas adormecidas e podem renascer, regenerar e ressuscitar. Quanto mais limpo o corpo, mais perfeitamente irradiará seus poderes supernaturais.
Um dos aspectos mais importantes da Alimentação Solar é abrir para a idéia de que muitas de suas crenças arraigadas talvez sejam totalmente falsas. Como conseqüência da adoção da Alimentação Solar a visão de mundo pode ser reconstruída. Uma vez que você experiência que comer alimentos cozidos e crescidos artificialmente reduzem imediatamente o funcionamento normal do seu organismo, você começa a questionar muitos outros aspectos do seu sistema de crenças. Então, a Alimentação Solar age como um aríete desintegrando crenças estagnadas, falsas e doentes de sua mente. Isto lhe permite crescer em novas direções que jamais poderia ter previsto. Enxergar novos horizontes, novas saídas para os desafios diários da vida será natural.
Alimentos diferentes estimulam novas percepções de mundo. Alimentos vegetais crus sintonizam você com vibrações mais evolutivas. Com alimentos vegetais crus, seus instintos tornam-se mais fortes, a intuição tornar-se mais confiável - clara - e a tomada de decisões acontece sem esforço.
Durante a implementação da Alimentação Solar, você experimentará momentos de mudança instantâneos como o enxergar melhor. Mas haverão mudanças sutis, que com o passar do tempo se edificam, e um dia você acordará transformado. De um modo geral, as opções alimentares têm um efeito acumulativo sobre seu organismo: para o bem ou para o mal..
Nós sabemos que todo sucesso é sobre a transmutação da energia. Esta mensagem é sobre a transmutação da energia usada na digestão para a realização de novos objetivos.
Na Alimentação Solar você precisa de menos sono. Em média, considerando a informação que tenho reunido, as pessoas que seguem esta dieta experimentam uma redução de 2 horas/noite. Em um ano, haverá um ganho de 30 dias de tempo extra para alcançar objetivos de saúde, crescimento e evolução.
Depois de ter feito o compromisso de melhorar sua alimentação, de realmente viver a vida, seu subconsciente reforça em sua mente que sua vida tem significado e que se empenhar por uma saúde extraordinária vale a pena. O aspecto mais importante da Alimentação Solar é que ela lhe compele a viver naturalmente e em harmonia com a Terra.
Comida Cozida
A distinção cru-versus-cozido é o mais importante discernimento no campo da nutrição.
O cozimento altera a constituição físico-química do alimento. Quando ele é cozido, sempre se torna menos do que era antes, nunca mais. O fogo é um destruidor, ele nunca cria nada, ele mata. O cozimento apenas retira a vida, mata a vida.
Entenda: você é água, água eletrificada. Tudo que você engole precisa ser quebrado até ser solúvel em água (suas águas) para nutri-lo. A primeira coisa a desaparecer com o cozimento é a água, que evapora com o calor do fogo.
Comida cozida é densa, pois ela não tem mais a sutileza da vida vegetal. Tal densidade, uma vez ingerida, passa a ser tóxica no corpo, impura, além de ser um combustível de elevado custo energético. Muito caro.
Com os anos e décadas consumindo alimentos cozidos, estes restos tóxicos se acumulam sob a forma de mucos, pedras, tumores, úlceras, inflamações e bloqueios energéticos.
Uma semente crua contém todas as informações genéticas e vitais para gerar uma nova planta. Uma semente cozida não contém mais estas substâncias e vibrações, estas informações: gere vida, aconteça a vida. Não germinará, não brotará, não crescerá. Alimentos cozidos não possuem energia de força vital.
Pessoas em uma dieta padrão de comida cozida atravessam a vida em uma condição debilitada, com sua vitalidade muito abaixo do normal, mas elas não estão conscientes disto porque não conhecem nada diferente. Elas não têm razão para acreditar que sua vitalidade e saúde não são o que deveriam ser. Elas não podem sentir falta do que elas nunca tiveram. As pessoas estão decaindo a cada dia para níveis mais debilitados, apesar de acreditarem estar conquistando um padrão de vida mais elevado.
Comer comida cozida e processada debilita, desequilibra emocional e mentalmente, afeta os humores, abaixa o nível de consciência e interfere na vitalidade, na produtividade.
Comida cozida é viciante (não existe uma maneira mais leve de descrevê-la). Um vício é um desejo por uma substância que não tem conexão com os desejos verdadeiros. Comer alimentos cozidos tem todas as características de uma dependência físico-química. Esta é uma colocação forte, mas acho que, à medida que você experimentar consumir mais e mais alimentos vegetais crus, encontrará uma verdade interessante dentro de você.
As pessoas não estão verdadeiramente apegadas a muitos dos alimentos cozidos que comem. Elas os comem pelo sabor ou divertimento. A maioria das pessoas têm normalmente 5 ou 6 comidas cozidas que têm problemas em abandonar: pão, leite (ou queijo), carne, café, batata frita e doces (chocolate, sorvete).
Tipicamente, estas comidas estão presas a âncoras emocionais. Quando estas comidas são retiradas, sentimentos emocionais emergem para serem desintoxicados do organismo. Alguém talvez se sinta desconfortável por um tempo (enquanto estas emoções são liberadas), mas se sentirá muito melhor a longo prazo.



Nenhum comentário:

Seguidores