sábado, 5 de outubro de 2013

O que são fibras solúveis e insolúveis?


A ingestão de fibras é essencial para o perfeito funcionamento do intestino, para controlar a absorção de nutrientes indispensáveis para a saúde do organismo, para livrar o sistema gastrointestinal de toxinas nocivas e ainda para controlar o nível de colesterol.

As fibras são carboidratos que o organismo não consegue digerir e, embora não forneçam energia, são essenciais para o ciclo de digestão. Elas existem de duas formas: as fibras solúveis e as insolúveis.

Fibras solúveis

São consideradas fibras solúveis aquelas que, em contato com a água, se transformam em um gel. Esta mistura no estômago inibe a absorção de glicose e lipídios. Além disto, elas envolvem as partículas de gordura e açúcar e eliminam junto com as fezes, controlando o colesterol e o diabetes.
Entre os alimentos ricos em fibra estão os flocos como aveia e cevada, casca de frutas e leguminosas como feijão e ervilha.

Fibras insolúveisK

As fibras insolúveis passam pelo estômago sem sofrer nenhuma alteração, portanto, como chegam inteiras ao intestino, aumentam o volume do bolo fecal estimulando e regulando o movimento peristáltico do órgão. Elas ainda são responsáveis pela limpeza de toxinas e bactérias nocivas.
Alimentos como verduras escuras, farelo de trigo, cereais e grãos integrais são fonte de fibras insolúveis.
Portanto, a ingestão de alimentos fibrosos está diretamente relacionada ao intestino regulado e tratamento de prisão de ventre.
A quantidade de ingestão diária deve variar de 25 a 30 gramas.



Nenhum comentário:

Seguidores