sábado, 12 de julho de 2014

Seu Chakra Do Coração Está Bloqueado? Abra-o

Anahata é mais comumente conhecido como o Chakra Cardíaco. A tradução literal do sânscrito ” Anahata ” é ” ileso, descolado, ou invicto “. O Chakra Cardíaco está perfeitamente situado no meio do seu corpo , equilibrando o mundo da matéria ( três menores chakras ) com o mundo do espírito (três chakras superiores ) .
A palavra sânscrita significa que nas profundezas de nossas histórias pessoais de sofrimento e dor, reside imenso amor e compaixão. Não seria bom tocá-lo na próxima vez que sua raiva te oprime?
Foto

    CONTATO - luminariascontemplativas@hotmail;com                        http://iluminareluminariascontemplativas.blogspot.com.br


Determinar se os seus chakras estão equilibrados é um assunto bastante evasivo, as pessoas muitas vezes procuram os terapeutas para reequilibrar -lo, quando é tão fácil olhar para dentro e cavar mais fundo em si mesmo .

Sinais de que seu chacra cardíaco pode estar em desequilíbrio incluem sentimentos de timidez e solidão. Se você se sente incapaz de perdoar, ou tem uma tendência a falta de empatia, então você pode estar levando as situações com a cabeça mais frequentemente, do que o seu coração .
O caminho oposto o torna um chakra avassalador, e pode incluir sentimentos de co-dependência, e dificuldade para aceitação ou realização. Ciúme intenso, ou julgamento severo dos outros é também uma bandeira vermelha.
Se você cai na categoria bloqueado, imagine que descobrir como equilibrar seus chakra se resume em equilibrar emoções. Quer se trate de um evento traumático decorrente de infância que você não consegue se lembrar , ou um rancor que você está segurando com tanta força desde a semana passada . Quando você reprime seus sentimentos , o equilíbrio do seu chakra do coração fica fora de sintonia .
O chakra cardíaco, como sede dos sentimentos, é naturalmente um centro de vitalidade. Por conseguinte, quando o indivíduo não consegue expressar amor, aprisionado pelo egoísmo, ou quando se deixa cronicamente tingir pelo desgosto, pela tristeza contumaz, pela solidão sombria, esses desequilíbrios emocionais e espirituais geram bloqueios de energia, à medida que o coração interior se fecha, reprimindo o fluxo normal da luz pura. Como efeito, o indivíduo, tomado por energias densas, compromete sua jornada, o potencial de vir a encarnar a sua essência, porque se nega o que é mais caro à existência – a capacidade humana de dar-e-receber amor.
Tente definir essas três intenções para extinguir suas emoções reprimidas , conscientes ou inconscientes:
1 . Seja aberto com suas emoções.
Na forma como você preferir! Se você escrevê-las ou gritar bem alto, o que você precisa é colocá-las para fora. Seja extremamente honesto e aberto com todas as palavras, não esconda nada. Escrever o que vem do coração – é sempre doloroso, mas é parte do processo de cura. Mesmo se você não tem intenção que ninguém leia o que você escreve, é muito útil colocar seus sentimentos em palavras para que você possa se ​​sentir confortável, consciente e em paz com ele.
2 . Pare de se agarrar a seus sentimentos.
Você recebe o que você dá. Praticar yoga ajuda muito com isso, porque ensina a viver o momento presente. Morar nos amores  ​​ou problemas do passado só nos leva para baixo, e se insistir sobre o futuro, então não está vivendo plenamente. Como a maioria das coisas na vida, é mais fácil dizer do que fazer. Faça um favor à você mesmo, e conscientemente trabalhe no momento presente!
3 . Pratique a arte da aceitação.
Uma boa regra de ouro é: “Se você não pode mudar, aceite.” Por que ter stress com algo ou alguém que você não tem controle? É um desperdício de tempo e energia. Em vez disso, concentre-se no que você pode controlar. Isso é o que vai lhe trazer satisfação e felicidade. Coloque a sua intenção diariamente no fluxo e deixe ser.
Tente incorporar estes três lembretes em sua vida diária, e lembre-se sempre que o amor é o maior curador. Especialmente o amor por si mesmo.

Nenhum comentário:

Seguidores